Criança e pai nigerianos são agredidos e vítimas de racismo – Correio do Estado

Glaucea Vaccari
04/08/2022 13:14
Um professor de 48 anos e seu filho, de 6 anos, nigerianos, foram vítimas de racismo e agredidos fisicamente em um supermercado atacadista, nessa quarta-feira (3), em Dourados.
O homem, que é graduado em Bioquímica e doutor em Ciências da Saúde, trabalha como professor visitante na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).
De acordo com o boletim de ocorrência, o professor fazia compras com a família no mercado e, em determinado momento, deixou o filho na filha do caixa, cuidando de um carrinho de compras, que imaginava ser o seu, enquanto foi pesar frutas.
Quando voltou a fila, a criança relatou que foi agredida pela mulher que estava em sua frente na fila, que também acusou o menino de roubo.
Ao perguntar a mulher o que havia ocorrido, ela voltou a afirmar que o menino estava roubando seu carrinho e uma discussão iniciou-se.
O esposo da mulher também entrou na briga e ambos chamaram o pai e filho de pretos, em tom ofensivo.
O homem também deu um soco na cara do professor.
Toda a ação foi gravada por câmeras de segurança do atacadista e encaminhadas à polícia.
Além disso, pessoas que estavam no mercado e presenciaram o crime também confirmaram a versão da vítima.
Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.
Fique informado com quem tem credibilidade.
Início
Últimas Notícias
Opinião
Cidades
Política
Economia
Esportes
Correio B
Classificados
Edição Impressa
Institucional
Expediente
Comercial
Termos de Uso
Av. Calógeras, 356, Centro
portal@correiodoestado.com.br
(67) 3323-6090
(67) 9.9976-0469

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.