Israel pede dissolução de comissão de inquérito da ONU após comentários antissemitas – O POVO

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.
Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais or Aceitar.

O primeiro-ministro israelense, Yair Lapid, pediu, neste domingo (31), ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, que dissolva uma comissão de inquérito após de supostas declarações antissemitas de um de seus membros.
Em uma entrevista recente, um dos três especialistas da comissão sobre supostas violações dos direitos humanos no conflito israelo-palestiniano, o indiano Miloon Kothari, se referiu a um “lobby judaico” que gasta “muito dinheiro tentando nos desacreditar”. Também questionou a legitimidade da adesão de Israel à ONU.
“Essas declarações antissemitas são uma mancha para toda a ONU”, escreveu Lapid em uma carta a Guterres.
Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.
O primeiro-ministro pediu “a expulsão imediata de três membros da comissão” e a sua “dissolução”, pois considera que “alimenta” o antissemitismo.
Na sexta-feira, a embaixadora israelense no Conselho de Direitos Humanos da ONU, Meirav Eilon Shahar, escreveu ao presidente da instância, o argentino Federico Villegas, em protesto contra esses “comentários ultrajantes, alguns dos quais são claramente antissemitas”.
Em um relatório publicado em 7 de junho, a comissão concluiu que a ocupação israelense dos territórios palestinos e a discriminação contra a população palestina são “as principais causas” das tensões e instabilidade recorrentes.

jjm/bk/tp/yow/ap

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais or Aceitar.
Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.