Ewbank e Gagliasso sobre racismo em Portugal: ‘Não confundam a reação do oprimido com a ação do opressor’ – Yahoo Noticias

Em entrevista ao “Fantástico’’ neste domingo (31), Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso detalharam o episódio em que os filhos Titi e Bless, de 9 e 7 anos respectivamente, foram vítimas de racismo em um restaurante, no sábado, numa praia em Portugal onde a família passava férias.
“Fomos a um restaurante de que a gente gosta muito, porque sempre encontramos pessoas pretas lá, e para os nossos filhos a gente acha importante eles estarem em ambientes com pessoas pretas. As crianças estavam brincando na praia e, de repente, uma delas veio nos contar o que tinha acontecido. Ficamos muito chateados, e aconteceu o que vocês viram no vídeo. Essa mulher não estava dentro do restaurante e começou a xingar as crianças, e também a família de angolanos que estava lá. O gerente pediu para ela ir embora, mas ela seguiu gritando e ouvimos’’, relatou Ewbank à jornalista Maju Coutinho.
Nervosa com o acontecido, a atriz reagiu cuspindo e batendo na cara da mulher. “Falou-se que você bateu na moça, deu um tapa na mulher racista. Isso ocorreu?”, perguntou Maju.
“Ocorreu’’, confirmou Ewbank, logo amparada por Gagliasso: “Na verdade, ela não agrediu. A minha mulher reagiu. Nao confundam a reação do oprimido com a ação do opressor’’, destacou o ator durante a entrevista.
Em vários momentos da conversa, o casal se emocionou ao lembrar do caso. Eles recordaram ainda uma entrevista concedida ao programa em 2017, quando também enfrentaram um episódio de racismo.
“Hoje sou uma mulher que está sempre rodeada de outras mulheres pretas aprendendo diariamente. Vou combater de frente. Eu quero que todo mundo saiba, Maju, que nós não vamos combater o racismo de maneira leve, a gente vai passar por cima e fazer jus a esse privilégio branco”, afirmou Giovanna. “Será que iria ter essa atenção toda se fôssemos pais pretos de crianças pretas?”, indagou Gagliasso.
Consciente de sua condição, Giovanna disse também:
“Eu sei que eu como mulher branca indo lá confrontá-la, a minha fala vai ser validada, eu não vou sair com a louca, a raivosa, como acontece com tantas outras mães pretas que que são leoas todos os dias assim como eu fui neste episódio. Mas que são invalidadas, são vistas como loucas’’, comparou ela, contando, enquanto chorava, que foi a primeira vez que Titi a viu reagir dessa maneira: “Foi a primeira vez que a minha filha me viu combatendo o racismo de frente, porque a gente fala muito sobre isso com eles, mas ela nunca tinha me visto combatendo de frente como foi feito. Ela ficou muito assustada e ao mesmo tempo se sentiu protegida e forte, sabe, Maju? O Bless nao percebeu muita coisa porque ele tava brincando, mas a Titi entendeu tudo.
Um vídeo divulgado pelo próprio casal mostra o momento em que a autora das ofensas é presa. No entanto, ela foi solta em seguida.
Em nota, o restaurante Clássico Beach Club, onde tudo aconteceu, repudiou a atitude racista da mulher e se colocou à disposição para disponibilizar as imagens gravadas pelas câmeras de segurança.
Além de Titi, de 9 anos, e Bless, de 7, ambos nascidos no Malawi, país da África, e adotados pelo casal de atores, Ewbank e Gagliasso têm o pequeno Zyan, de 2.
Narrador aproveitou o momento para falar sobre a preparação para a Copa e esclareceu que a cirurgia foi feita para corrigir um problema antigo
Atriz repreendeu seriamente mulher que disse 'para tirar aqueles pretos imundos dali'; Bruno Gagliasso acionou a polícia
Segundo a assessoria da atriz, a discussão aconteceu depois que uma mulher branca, que estava no restaurante, xingou Titi e Bless e também um grupo de angolanos.
Incidente ocorreu neste sábado, na Costa da Caparica, em Portugal, onde a família passa férias
Thiago Gagliasso, irmão de Bruno Gagliasso, postou um vídeo no Instagram neste domingo em…
Dom e Bem foram chamados para cantar com o artista ao lado de outras crianças
Ao lado do marido Bruno Gagliasso, atriz deu entrevista ao Fantástico neste domingo
Autor dos disparos ainda não foi identificado. Apesar dos feridos, não houve registro de mortes.
Mao Sheng disse que sua aparência jovial dificulta na hora de encontrar emprego
Uma menina de 15 anos identificada como Eduarda Paula de Almeida morreu na noite deste sábado (30)…
Nomes centrais no feminismo brasileiro, Branca Moreira Alves, Jacqueline Pitanguy e Heloisa Buarque de Hollanda recordam impacto, estratégias e legados das mulheres que transformaram a Constituição, a política e a cultura no país
Além disso, Lee Jong-sup não descarta oferecer um “serviço alternativo” para o grupo entre uma série de possibilidades que lhes dariam tempo para manter as atividades musicais
O líder da Igreja Católica admitiu, perante os jornalistas no avião, que mudar de Papa não era "uma catástrofe"
Trio de reforços do Timão substitui o zagueiro João Victor, o meia Luan e o atacante Mantuan na lista do clube para a Libertadores
Camisa 12 completou 603 jogos e se tornou o goleiro com mais partidas do Timão
O Hoje é Dia desta semana exalta manifestações culturais populares, sobretudo, do Nordeste brasileiro. Agosto começa trazendo datas dedicadas a um gênero literário e a uma manifestação popular: o cordel e o maracatu. Vinda de Portugal para o Brasil no século XVII, a literatura de cordel adquiriu traços da cultura nordestina e se transformou em expressão da região. Impressos de forma artesanal em folhetos, os cordéis eram popularmente vendidos em feiras dispostos em cordões – daí veio o nome dess
Um grupo de amigos estava se divertindo despreocupadamente no Lago Livingston, no Texas, (EUA) enquanto, sem que eles soubessem, um predador mortal estava à espreita nas proximidades. Os turistas haviam sido informados de que o lago era seguro.
Socorristas realizavam um resgate porta a porta no Kentucky, sob condições climáticas cada vez piores, enquanto continuavam as buscas por vítimas das inundações que devastaram o leste do estado americano, informou o governador Andy Beshear neste domingo (31).
Menos de uma hora depois de Queven da Silva e Silva, de 26 anos, abrir fogo contra a…
Faro Beach Club tem prazo de 30 dias para que a estrutura seja integralmente desmontada e a área devolvida

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.