"Pediste-me que não te levasse à escola…" – Wanda e Eva Stuart recordam discriminação e bullying – SIC

A Televisão que mexe consigo
Site provisório
SIC
A Televisão que mexe consigo
A finalista de ‘Ídolos’ revela que acabou por mudar de personalidade devido ao bullying que sofreu.
Eva e Wanda Stuart estiveram esta segunda-feira, 25 de julho, no programa Júlia para uma conversa onde mãe e filha abriram o coração e falaram sem rodeios.
Eva Stuart ficou em 2.º lugar na 7.ª edição do Ídolos e acabou por ser alvo de críticas durante a participação no programa. Sempre senti que, por muito que mostrasse o meu trabalho, era sempre a tua filha (…) Tu sabes que uma das razões que me fez pensar em não inscrever-me no Ídolos foi mesmo essa: não tanto pelos comentários, porque já estava à espera, mas não sabia como ia reagir. Ao longo do programa fui percebendo que se não ler os comentários – e sabes que fiz questão de não ler… Ao distanciar-me acho que fui tendo mais força e ficava mais focada no meu trabalho”, começou por dizer
à mãe.
“LEVADA AO COLO” – WANDA STUART REAGE A “COMENTÁRIOS MALDOSOS E MARGINAIS” SOBRE A FILHA
Acho que esses comentários que me fazem a mim e a outras pessoas é bullying. Tem de acabar e sinto que estou a defender uma causa. Neste momento, estou a representar-me a mim e a outras pessoas”, afirmou.
No entanto, o bullying começou em tenra idade, na escola. “A partir do momento em que sabiam que eras minha filha, mudavam o comportamento para contigo”, começou por dizer Wanda Stuart. “Quando era cança não percebia e ficava muito triste. Sabes que sou muito extrovertida mas, ao longo do tempo, fui percebendo todo esse comportamento e ia mudando, mas fui ficando cada vez mais forte. Não posso agradecer porque foram momentos infelizes”, confirmou a finalista do Ídolos.
Ao sentir-se discriminada por ser filha de Wanda Stuart, Eva chegou a pedir à mãe para mudar de escola. “Acho que o problema dos meus colegas é que não me conheceram como Eva, foi como a filha da Wanda Stuart. Levei com certos comentários e certas situações que não foram as melhores. Sentia que ao mudar de escola ia ser a Eva e não dizer a ninguém. Ainda aguentei um mês sem que soubessem…”, contou.
Pediste-me que não te levasse à escola e compreendi perfeitamente. Era um pouco na procura da tua identidade. Sentia-me um bocadinho triste por teres de passar por essa situação, mas já passou e não quero chorar”, concluiu Wanda Stuart.
Ainda assim, Eva Stuart acabou por mudar de personalidade devido ao bullying que sofreu, tornando-se mais reservada. “Eras uma miúda muito intensa, muito comunicativa, falavas com todas as pessoas do restaurante, mas aos poucos foste crescendo e esta situação moldou a tua personalidade e és low profile, não gostas de dar muito nas vistas…”, atirou Wanda Stuart.
“Quando era criança era muito mais tu e isso também foi uma ‘desvantagem’ porque sentia que quando me bullyzavam eu mostrava muito as minhas emoções e o meu ponto fraco. Fui percebendo que tinha de ser um bocadinho mais fria (…) Quando nos vêem numa situação de sofrimento, acabam por nos querer magoar mais”, explicou Eva.
“Sinto que estou a tentar voltar um bocadinho à Eva mais extrovertida”, concluiu.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.