Cade arquiva investigação contra bancos por discriminação a corretoras de criptomoedas – Folha

Acesse seus artigos salvos em
Minha Folha, sua área personalizada
Acesse os artigos do assunto seguido na
Minha Folha, sua área personalizada

Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Gostaria de receber as principais notícias
do Brasil e do mundo?
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
A Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) arquivou uma investigação que mirava grandes bancos brasileiros por supostamente estarem restringindo o acesso de corretoras de criptomoedas ao sistema financeiro.
A decisão consta em despacho publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (25).
A investigação foi iniciada em setembro de 2018 após denúncia da Associação Brasileira de Criptoativos e Blockchain contra o Banco do Brasil, mas se estendeu a outras instituições.
O caso foi inicialmente arquivado no final de 2019, mas reavivado no ano seguinte após pedido do tribunal do órgão regulador.
Em nota técnica que baseou a decisão de novamente encerrar o inquérito, a superintendência disse que “apesar de uma quantidade considerável de informações ter sido trazida aos autos, não se vislumbram, dentre elas, elementos indiciários que, de alguma maneira, sirvam de contraponto às conclusões que subsidiaram… a decisão de arquivar o presente feito”.
A associação acusou Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco, Santander Brasil, Inter e Banco Sicredi de limitarem ou dificultarem o acesso de corretoras de criptomoedas ao sistema bancário.
Receba no seu email a seleção diária das principais notícias jurídicas; aberta para não assinantes.
Carregando…
No caso que iniciou o processo, a associação disse que o Banco do Brasil encerrou, sem justificativa, a conta corrente da corretora Atlas, que usava a conta para receber depósitos e transferências de clientes que desejavam comprar bitcoins, segundo a nota técnica que deu suporte a decisão inicial de 2019.
Outras denúncias semelhantes contra os bancos foram enviadas por empresas do setor de criptomoedas, incluindo o Mercado Bitcoin, segundo os documentos. A associação relatou ao Cade ainda casos de recusa dos bancos em abrir contas correntes para as corretoras.
Em geral, os bancos responderam à época que o “encerramento de uma conta corrente é inerente à sua atividade empresarial, sendo uma escolha comercial assegurada constitucionalmente pela liberdade de iniciativa e seria, inclusive, amparada por normas exaradas pelos órgãos reguladores”, mostrou nota técnica de 2019.

Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Leia tudo sobre o tema e siga:
Você já conhece as vantagens de ser assinante da Folha? Além de ter acesso a reportagens e colunas, você conta com newsletters exclusivas (conheça aqui). Também pode baixar nosso aplicativo gratuito na Apple Store ou na Google Play para receber alertas das principais notícias do dia. A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade. Obrigado!
Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais de 200 colunistas e blogueiros. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público, veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 2ª a 6ª pela manhã, receba o boletim gratuito com notícias e análises de economia
Carregando…
De 2ª a 6ª pela manhã, receba o boletim gratuito com notícias e análises de economia
Carregando…
Demora no diagnóstico da depressão expõe falhas na rede de saúde
Prefeitura de São Paulo realiza o maior programa de recapeamento de vias
O assassinato de Daniella Perez: detalhes do crime que chocou o país
Tecnologia permite às empresas avançar na sustentabilidade
ENERGIA LIMPA HOJE E NO FUTURO
Referência em Cidades Inteligentes, Curitiba investe em iniciativas para qualidade de vida
Análise de dados ajuda governos na formulação de políticas públicas
Cidades inteligentes colocam tecnologia na porta de casa; saiba tudo sobre as “smart cities”
Controle do glaucoma depende de prevenção e adesão a tratamento
Mastercard simplifica a compra de NFTs
Tranquilidade e segurança para o produtor rural
Novo protocolo do SUS poderá mudar cenário de pacientes com Hipertensão Arterial Pulmonar
ID digital garante maior confiança nas transações pela internet
QUALIDADE E CUIDADO COM O MEIO AMBIENTE
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Manobra permite repasses a quase 50 cidades em 20 estados, incluindo capitais
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Entre especialistas, resultado após medidas já chega a ser classificado como 'artificial'
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Entidades, sindicatos e associações empresariais preparam documento que se soma a manifesto divulgado nesta terça

O jornal Folha de S.Paulo é publicado pela Empresa Folha da Manhã S.A.
Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.
Cadastro realizado com sucesso!
Por favor, tente mais tarde!

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.