"Je suis Abrunhosa". José Cid demonstra apoio "incondicional" após palavras contra Putin – CNN Portugal

José Cid partilhou a sua solidariedade para com Pedro Abrunhosa, cantor que se insurgiu contra a invasão russa da Ucrânia dizendo, em palco, a expressão “Putin, go fuck yourself”.
O artista afirma que Pedro Abrunhosa “tem todo o direito de acusar o governo russo pelo que está a acontecer na Ucrânia”. De resto, José Cid lembra que tem um tema, “De Ditadores Está o Inferno Cheio”, em que aparece a imagem do presidente da Rússia, entre outras.
“Não vou permitir que alguém me tente calar”, acrescentou, mostrando um apoio “incondicional” a Pedro Abrunhosa, a quem agradeceu pelo que fez. O vídeo partilhado através do Facebook tem o título “Estou com Pedro Abrunhosa – ‘Je suis Abrunhosa'”.

Durante o concerto, disponível na íntegra na plataforma Youtube, Pedro Abrunhosa falou sobre a guerra na Ucrânia, antes de começar a cantar o tema “Talvez Foder”, no qual aborda questões como a guerra, a fome e o fascismo.
“Não podemos, nem vamos esquecer, que a Europa vive uma guerra. E a guerra mais estúpida de todas, uma guerra perfeitamente evitável, uma guerra de ódios, uma guerra em que famílias como as nossas todos os dias têm que fugir”, afirmou na altura.
O músico lembrou que também “há quem não fuja, e numa ilha da Ucrânia um marinheiro respondeu a um apelo de um barco russo dizendo: ‘Barco russo, go fuck yourself’, que é como quem diz ‘russian boat …’, que é como quem diz ‘Vladimir Putin, go fuck yourself”. “Este grito hoje tem que se ouvir em Moscovo e em Kiev”, acrescentou.
A embaixada da Rússia em Portugal acabou por reagir à polémica, referindo-se às palavras do músico português como “indignas do homem de cultura que ainda por cima representa o país, que está a se manifestar abertamente contra qualquer tipo de ódio e discriminação, foram ouvidas” e que “as respetivas conclusões serão tiradas”.
Isso mesmo motivou Pedro Abrunhosa a pedir um posicionamento por parte do Governo português, com o cantor a considerar a reação russa uma “intimidação”, algo que o executivo acabou por fazer.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.