Universidade gaúcha expulsa estudante indiciado sob acusação de racismo – Folha

Acesse seus artigos salvos em
Minha Folha, sua área personalizada
Acesse os artigos do assunto seguido na
Minha Folha, sua área personalizada

Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Gostaria de receber as principais notícias
do Brasil e do mundo?
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
A UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) decidiu desligar do quadro de alunos um doutorando de filosofia que havia sido indiciado no ano passado pelo crime de racismo qualificado.
A universidade, sediada em Porto Alegre, confirmou a punição a Álvaro Körbes Hauschild em uma portaria assinada pelo reitor Carlos André Bulhões na última quinta-feira (14).
O caso ganhou repercussão em outubro do ano passado, quando vieram à tona mensagens enviadas por Hauschild para a namorada de um outro estudante da instituição que é negro.
Segundo as mensagens divulgadas pelo namorado à época, o doutorando sugeria, por exemplo, que ela encontrasse outro parceiro para “não passar vergonha” e argumentava que a jovem “merecia algo à altura”.
O caso gerou revolta entre alunos da UFRGS. Houve campanha pela expulsão do aluno, e as denúncias passaram a ser investigadas pela Polícia Civil. Hauschild foi indiciado por racismo qualificado em outubro do ano passado.
No documento em que confirma o desligamento do aluno, a universidade gaúcha cita um trecho do Código Disciplinar Discente.
Esse trecho considera como uma das infrações gravíssimas o ato de “praticar, induzir ou incitar, por qualquer meio, a discriminação ou preconceito de gênero, raça, cor, etnia, religião, orientação sexual ou procedência”.
A expulsão foi comemorada nas redes sociais por movimentos estudantis e antirracistas. Conforme a UFRGS, Hauschild tem direito a um pedido de reconsideração da medida com prazo de dez dias. A instituição disse que não iria fazer comentários além do texto que está na portaria.
Receba no seu email a seleção diária das principais notícias jurídicas; aberta para não assinantes.
Carregando…
A Folha tentou contato com o doutorando, não recebeu resposta até a publicação desta reportagem. Após o caso se tornar público, o estudante confessou à polícia o envio das mensagens, mas afirmou ao portal G1 que não é racista e negou que tenha cometido crime.
Em publicação nas redes sociais, também na época em que o episódio ganhou repercussão, Hauschild pediu desculpas.
“De fato, ofendi meu acusador com expressões de desprezo e gostaria de me retratar. Gostaria ainda de ver em seu rosto o acolhimento dos pedidos de desculpas. A muitos parece que a mensagem desrespeita pessoas negras e, mais uma vez, peço desculpas se assim, de fato, lhes ocorreu. Não houve esta intenção”, escreveu.
“Conforme informado à polícia, eu estava alcoolizado no momento da conversa. Não tenho vícios, mas tinha virado mesmo uma generosa taça de vinho”, acrescentou na ocasião.
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Assinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da Folha
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Leia tudo sobre o tema e siga:
Você já conhece as vantagens de ser assinante da Folha? Além de ter acesso a reportagens e colunas, você conta com newsletters exclusivas (conheça aqui). Também pode baixar nosso aplicativo gratuito na Apple Store ou na Google Play para receber alertas das principais notícias do dia. A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade. Obrigado!
Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais de 200 colunistas e blogueiros. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público, veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Carregando…
Carregando…
O assassinato de Daniella Perez: detalhes do crime que chocou o país
Uma nova era de avanços e esperança no tratamento dos cânceres hematológicos
Tecnologia permite às empresas avançar na sustentabilidade
ENERGIA LIMPA HOJE E NO FUTURO
Referência em Cidades Inteligentes, Curitiba investe em iniciativas para qualidade de vida
Análise de dados ajuda governos na formulação de políticas públicas
Cidades inteligentes colocam tecnologia na porta de casa; saiba tudo sobre as “smart cities”
Controle do glaucoma depende de prevenção e adesão a tratamento
Tranquilidade e segurança para o produtor rural
Novo protocolo do SUS poderá mudar cenário de pacientes com Hipertensão Arterial Pulmonar
ID digital garante maior confiança nas transações pela internet
Tecnologia aumenta produtividade e reduz custo de empresas de logística
QUALIDADE E CUIDADO COM O MEIO AMBIENTE
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Defensoria relata ao menos 20; reportagem presenciou sete pessoas sendo levadas em lençóis ou toalhas na comunidade
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Índice da Quaest publicado pela Folha aponta aproximação no desempenho dos rivais nas redes sociais
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Contrariando reivindicação petista, PSB do Rio oficializou lançamento de Alessandro Molon para a vaga ao Senado

O jornal Folha de S.Paulo é publicado pela Empresa Folha da Manhã S.A.
Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.
Cadastro realizado com sucesso!
Por favor, tente mais tarde!

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.