Ações de combate à discriminação promovidas pelo Vasco da Gama são reconhecidas pelo TJD em julgamento – Club de Regatas Vasco da Gama – Club de Regatas Vasco da Gama

source

Deolane diz ter sido discriminada por vizinhos: 'Me chamaram de vagabunda' – UOL

Colaboração para Splash
20/07/2022 15h17
A cantora e influenciadora digital Deolane Bezerra, de 34 anos, recordou a ocasião em que foi vítima de injúria e discriminação por parte de um grupo de moradores do condomínio onde vive com o filho, Gilliard Santos, 17.
“Descobri, através de uma pessoa infiltrada no grupo [de WhatsApp] do condomínio, que me mandou os prints do que eles estavam falando de mim. [Em] tudo o que eles falavam de mim, a pessoa deu print e me mandou”, contou ela ao “PocCast”, de Lucas Guedez e Rafael Ucmann.

Segundo Deolane, as ofensas surgiram em reação a uma publicação dela nas redes sociais, reclamando do fato de ter recebido uma fatura de energia elétrica no valor absurdo de R$ 3 mil.
“Normalmente dava R$ 300. [Os vizinhos] falaram: ‘volta para a favela’, ‘manda ela voltar para a favela e fazer gato’, ‘vagabunda’…”, detalhou ela, que entrou com um processo contra os agressores.
Para a viúva de MC Kevin, o mais doloroso foi a forma como o episódio impactou seus familiares. “Não me machucou. Eu não estou nem aí, já estou acostumada a tomar cacetada. Mas vi a minha mãe chorando, trancada dentro do quarto. Quando mexe com mãe, ai…”
ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Por favor, tente novamente mais tarde.

Não é possivel enviar novos comentários.
Apenas assinantes podem ler e comentar
Ainda não é assinante? .
Se você já é assinante do UOL, .
O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

source

Ex-chiquititas faz desabafo sobre racismo contra latinos nos Estados Unidos: "Que tristeza" – Dia a Dia Notícia

*Victória Cavalcante – Dia a Dia Notícia
A atriz e ex-chiquititas Gabriella Saraivah publicou um desabafo no Tik Tok, ao relatar que seu irmão, Guido Saraivah, sofreu comentários duas vezes no Estados Unidos, por ser latino, sendo comparado a macaco e presidiário.
“Cara, já é a segunda vez que meu irmão tem que escutar comentário racista na academia, porque a gente é latino. Da primeira vez, eu não estava com ele, e o cara estava conversando com ele e tal, perguntou de onde ele era e o que ele queria fazer de faculdade, aí meu irmão falou que era do Brasil, e ele falou assim: ah, então você vai fazer faculdade na prisão né?”, iniciou a  atriz.
Na sequência, Gabriella contou que pela segunda vez, seu irmão recebeu falas racistas ainda mais pesadas.
“Eu comecei a fazer academia com meu irmão essa semana, fui lá com ele, ele estava limpando a máquina que ele fez, porque tinha suado, e o cara falou assim: que bom que você tá limpando, assim ninguém vai pegar doença de macaco de você”, detalhou.
“Que tristeza, juro”, lamentou a atriz ao relatar que seu irmão estava chorando.
Ainda de acordo com Gabriella, eles denunciaram o caso na administração da academia, e esperam que pelo menos o homem seja expulso.
Veja o vídeo completo:
Nossa missão diária é produzir e distribuir conteúdos de qualidade, que informem, divirtam, contribuam para a educação e permitam aos indivíduos e a toda sociedade, a construção de relações que tornem a vida melhor.
Valores: compromisso, respeito, ética e credibilidade.
FALE CONOSCONOSSA EQUIPE
Dia a Dia Notícia – Todos os direitos reservados – Desenvolvido por ProjetosWeb.co

source

Comissão de combate ao assédio realiza roda de conversa na quinta (28) – Correio dos Municípios

22 de julho de 2022
Arte: Dicom TJAL.
A Comissão de Enfrentamento e Combate ao Assédio Sexual, Moral e Discriminação convida servidores do Judiciário de Alagoas para uma Roda de Conversa que debaterá os diversos tipos de assédios, na próxima quinta-feira (28). O evento será realizado na Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas, a partir das 18h
O evento visa dar efetividade à Política de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral, do Assédio Sexual e da Discriminação no Poder Judiciário, instituída em 2020 por meio da Resolução n° 351/2020 do Conselho Nacional de Justiça. A Comissão é presidida pelo juiz Diego Araújo Dantas.

Dicom TJAL
22 de julho de 2022 Justiça
O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Saúde
Justiça
Economia
Alagoas
Inscrever-se para receber atualizações sobre as nossas informações.




Correio dos Municípios é um produto da Plus Editora e Serviços LTDA.
CNPJ: 09.073.777.0001-50
Avenida Fernandes Lima, 1.513, sala 201, Caixa Postal B-42, Pinheiro, Maceió-AL. CEP.: 57.057-450.
redacao@correiodosmunicipios-al.com.br
Produzido por id5 soluções web. ©

source

Dia da Mulher Negra: 7 dicas para conversar sobre racismo com as crianças – Portal Nacional de Seguros

No dia 25 de julho é comemorado o Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha. A data foi instituída em 1992, após o 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, na República Dominicana. O evento aconteceu para dar visibilidade à luta das mulheres contra a opressão de gênero, a exploração e o racismo.
Hoje, a data é mais um momento importante para falar sobre a luta e a resistência do povo negro. Por este motivo, o Lunetas, espaço 100% dedicado à reflexão sobre a infância, lista 7 dicas para quem deseja conversar sobre racismo com os pequenos, já que a educação antirracista é fundamental para criar crianças livres de preconceitos.
Informação é a chave!
É essencial ir atrás de informações de qualidade para que se entenda como funciona o racismo e como ele organiza a sociedade. Especialmente para famílias não negras, é necessário se aprofundar nas reflexões e percepções sobre discriminação e desigualdade étnico-racial, reconhecer seus privilégios e tomar para si a responsabilidade de alargar os diferentes cenários de convívio das crianças. Uma sugestão é o livro ‘Pequeno Manual Antirracista’, escrito pela filósofa e ativista Djamila Ribeiro, que trata de diversos temas relacionados às relações raciais e à promoção da igualdade.
Seja honesto
As crianças estão descobrindo o mundo e, por isso, é comum que existam novos questionamentos todos os dias. Quando se trata de assuntos relacionados a preconceitos, os adultos podem se sentir pegos de surpresa e não saber exatamente como reagir – mas a verdade é que é necessário ser o mais honesto possível e, caso não saiba a resposta, não há problema em dizer que vai pesquisar e depois retomar a conversa.
Preste atenção no vocabulário
As palavras que utilizamos carregam sentido e história e algumas expressões racistas ainda estão impregnadas no vocabulário dos brasileiros, como “cabelo duro”, “humor negro” e “inveja branca”. É necessário que os adultos orientem as crianças, por meio do exemplo, deixando de naturalizar esses termos, estigmas, piadas racistas e comentários pejorativos.
Entretenimento com representatividade
Observe os conteúdos e materiais que entram em contato com as crianças ao seu redor, seja por meio dos livros e filmes infantis, vídeos no YouTube e diversos conteúdos on-line. É importante se atentar ao grau de representatividade, além da mensagem que está sendo transmitida. Uma dica é o livro “A cor de Coraline”, do autor Alexandre Rampazo, que propõe uma reflexão sobre identidade, representatividade, empatia e consciência.
Preste atenção ao seu redor
A diversidade não deve estar presente apenas no discurso, mas, sim, ser vivenciada e processada diariamente. Por isso, é extremamente importante que os espaços de convivência das crianças sejam plurais. Por exemplo, famílias brancas devem observar os lugares que frequentam, que tipo de mensagem eles transmitem, se são espaços que valorizam a diversidade e se há pessoas negras em suas relações.
Referências
Reflita sobre quem são as referências positivas da sua família e como isso é transmitido para os pequenos. Conhecer e apresentar artistas, políticos, ativistas e cientistas negros e negras, por exemplo, ampliarão o repertório das crianças, permitindo que muitas delas se identifiquem e possam sonhar com carreiras e futuros diferentes.
Defenda a educação antirracista nas escolas
A escola deve ser um ambiente de convívio, troca e experimentação. Por isso, famílias com crianças negras ou não devem estar sempre atentas, com o apoio dos educadores, para prevenir e/ou denunciar qualquer situação de racismo e discriminação. Além disso, observe se a escola proporciona uma educação antirracista, conversando sobre situações do cotidiano e fazendo com que a diversidade atravasse as salas de aula em sua decoração, livros, brincadeiras e ideias compartilhadas.

IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte…  www.segs.com.br

No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. –  Importante sobre Autoria ou Fonte..: – O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. – O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. – “Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao”. (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) – O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. – Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. – “Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO”.






Educa
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
Educação
NEWSLETTER SEGS
UNICOS - CORRETORES DE SEGUROS
FACE
Copyright ©2002-2022 Clipping – Segs – Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. – Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.brIMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 – (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA – AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto

source

Seminário em São José dos Campos reforça luta contra o racismo – 012 News

Rádio PlayRádio Play
Rádio PlayRádio Play
Um marco divisor e anunciador de novos tempos. Para a socióloga e mestre em Ciências Sociais Roseli de Oliveira, esta é a importância do Seminário Regional de Políticas Públicas de Igualdade Racial promovido nesta quarta-feira (20) pela Prefeitura de São José dos Campos.
“O desafio de construirmos uma sociedade igualitária está lançado. Há muito a fazer, mas o fato de São José possuir uma Assessoria de Políticas de Igualdade Racial, com ações constantes como este seminário, é um grande avanço”, disse Roseli, ex-coordenadora geral de Políticas Temáticas de Ações Afirmativas da Seppir (Secretaria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial).
Uma das referências brasileiras na luta contra o racismo, ela foi um dos destaques do seminário, organizado pela Secretaria de Apoio Social ao Cidadão e que reuniu cerca de 250 pessoas no Cefe (Centro de Formação do Educador) para palestras, painéis de debate e apresentações artísticas ao longo de todo o dia.
Participe do nosso grupo de WhatsApp e receba as principais notícias do Vale do Paraíba e Litoral Norte
A Prefeitura mantém, por meio da Secretaria de Apoio Social ao Cidadão, a Assessoria de Políticas Públicas de Igualdade Racial, com ações e eventos ao longo de todo o ano.
O objetivo é desenvolver políticas públicas de promoção da igualdade racial e assessorar as secretarias municipais na execução destas políticas, promovendo a igualdade e a proteção dos direitos de pessoas e grupos étnico-raciais afetados pela discriminação, preconceito e demais formas de intolerância.
Uma das principais conquistas foi a implantação do Centro de Referência Afro-brasileira em novembro do ano passado.
São José possui ainda o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, com membros da Prefeitura e de outras instituições.
O conselho é atuante e contribui com as ações desenvolvidas pela Administração municipal.

Cerca de 800 trabalhadores da unidade da Volkswagen de Taubaté terão férias coletivas, a partir do mês de agosto. O aviso de férias coletivas será de 8 a 26 de agosto. A medida será aplicada em um turno de produção. A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos e confirmada, nesta sexta-feira (22) pela montadora que […]
Empreendedores de São José dos Campos foram apresentados nesta sexta-feira (22) a diversas oportunidades de negócios que podem ser feitos com a cidade de Dubai, nos Emirados Árabes. O evento Doing Business in Dubai foi realizado na sede da Assecre (Associação das Empresas do Vale do Paraíba) e contou com o apoio da Prefeitura de […]
Uma corrida animada por ruas do centro de São José dos Campos feita pelos alunos da Guarda Civil Municipal na quinta-feira (21) chamou a atenção das pessoas que circulavam pela região central e dos comerciantes. Foi a última atividade do grupo antes da formatura nesta sexta-feira (22), no Cefe, às 19h. São 57 novos guardas que […]
Aqui poderá ler nossa
Política de Privacidade e
Termos de Uso.
WhatsApp 012 News

source

"Orgulhosos". Os elogios a Santos Silva no braço-de-ferro contra o Chega – Notícias ao Minuto

CLASSIFICADOS AUTO
Presidente apoia Governo na recusa ao racionamento do gás pedida pela UE
Leviev e Nisanov. Processos de naturalização de oligarcas em "análise"
Registados 35.945 casos e 107 óbitos pela Covid-19 na última semana
Santos Silva a Presidente? Chega "lutará" para que não aconteça
Descentralização deu hoje "passo fundamental", mas processo continua
Moedas muda vereador com pelouro da JMJ. Retirou-o a Laurinda Alves
Proposta de alteração da legislação laboral "deve ser aperfeiçoada"
Governo avança com medidas de combate à seca no Algarve e Trás-os-Montes
Aeroportos. "Qualquer decisão" será positiva para indústria, diz TAP
"Estamos a construir o plantel de acordo com as vontades do treinador"
Oficial: Gabriel Veron é reforço do FC Porto
Benfica volta a vencer na pré-época em jogo com seis golos
Selena Gomez terminou um namoro e quem o revelou foi a avó
"Bomba". Cristina Ferreira aumenta a temperatura com visual sexy
Vídeo. Após 25 anos, David Beckham ainda sabe fazer a 'onda'
Internamentos e mortes por Covid com "tendência decrescente" em Portugal
Há "fatores de risco" que continuam nas instalações do SEF
Costa sobre mobilidade: "O melhor a fazer é estacionar o automóvel"
"Rússia fez tudo para destruir as nossas exportações. Não o permitimos"
Steve Bannon culpado por desobediência ao Congresso dos EUA
Cereais. Acordo selado entre elogios a Guterres e dúvidas sobre Rússia
Mário Ferreira vai tornar-se no primeiro português a ir ao Espaço
Jogo de 'Avatar' adiado. "É importante criarmos algo que seja perfeito"
Pronto para a Artemis I? NASA partilhou trailer da próxima missão à Lua
Cinema português em festival australiano já no próximo mês
CML aprova isenção de taxas no valor de 1,76 milhões ao festival Kalorama
Abrunhosa pede "posicionamento do Governo" face a "intimidação" russa
Nuno Gama 'veste' garrafa de Moscatel da José Maria da Fonseca
As doenças que atacam no verão e como tratá-las
Bistro 37 tem menus de almoço a 20€ nos fins de semana de verão
Programa vai financiar quase 12 mil novas camas em residências
Viseu. Instituições públicas e bancárias têm de requalificar edifícios
Este centro de saúde na ilha de São Jorge vai ser ampliado
Condutor 'flashado' a 240 km/h em Lisboa. Limite… era de 80 km/h
Chiron Super Sport 300+. Custavam 3,5 milhões de euros e já esgotaram
Quantos Ferrari foram vendidos em Portugal este ano?
6º Ano
consecutivo

Obrigado pela
sua confiança
© Global Imagens
22/07/22 13:00 ‧ Há 9 Horas por Tomásia Sousa
Política Parlamento
O conflito entre o Chega, particularmente entre André Ventura, e o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, subiu esta quinta-feira de tom, causando surpresa e estupefação entre os deputados (e não só).
A polémica aconteceu no dia em que estava a ser debatida a proposta de lei do Governo que previa a alteração do regime jurídico de entrada, permanência, saída e afastamento de estrangeiros do território nacional.
Os deputados do Chega abandonaram o hemiciclo depois de o presidente da Assembleia da República ter reagido a uma intervenção de André Ventura contra os estrangeiros e os imigrantes.
Nas redes sociais, várias figuras políticas reagiram ao sucedido. Depois da deputada Isabel Moreira ter defendido Santos Silva, sublinhando que “a Constituição tomou partido em relação à xenofobia”, outras opiniões na mesma linha se seguiram.
A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, parabenizou Augusto Santos Silva pelo “saber”, “tranquilidade” e “firmeza” perante a “aberração”.
“Uma postura que só nos pode deixar honrados e orgulhosos!”, frisou a governante.
Enorme @ASantosSilvaPAR 🇵🇹
Perante a aberração, só mesmo o saber, a tranquilidade, a firmeza e a certeza de uma postura que só nos pode deixar honrados e orgulhosos! Sem medos…. Sempre ️
Muito obrigada #democracia #naopassarao #servicopublico pic.twitter.com/DsLlVewSaL

O socialista Porfírio Silva defendeu que o presidente da Assembleia da República “não pode calar-se quando o protofascista insulta as pessoas” que trabalham em Portugal e contribuem para o desenvolvimento do país.
O Presidente da Assembleia da República defende a dignidade de todos os seres humanos que residem entre nós e não pode calar-se quando o protofascista insulta as pessoas que cá trabalham e contribuem para o desenvolvimento do nosso país. Aplauso para @ASantosSilvaPAR https://t.co/NK2M3Hydzu
Ana Gomes questionou quando irá a Procuradora-geral da República pedir ao Tribunal Constitucional para aplicar a Constituição e rever a “vergonhosa legalização de um partido racista, xenófobo e fascista”.
E alguém pergunta à Senhora #PGR por que ainda não pediu ao Tribunal Constitucional que aplique a CRP e a lei e reveja a vergonhosa legalização de um partido racista, xenófobo e fascista? https://t.co/6ijIxsPOau
O jornalista e comentador Daniel Oliveira reagiu defendendo a mesma ideia: que a Constituição não é neutra “perante a xenofobia e o racismo”.
Nenhum Presidente da Assembleia da República pode ser neutral perande a xenofobia e o racismo. Por uma razão simples: a Constituição também não é.
O argumentista e humorista João Quadros comentou o episódio com humor, comparando os deputados a uma equipa que sai do estádio quando está a perder por 3 golos e “ainda faltam 20 minutos para o fim do jogo”.
Da muito gozo ver os fachos do Chega a saírem da AR como aqueles tipos que saem do estádio quando a equipa deles perde por 3 e ainda faltam 20 minutos para o fim do jogo
Na tarde de quinta-feira, os 12 deputados da bancada do Chega abandonaram o plenário depois de acusarem o presidente da Assembleia da República de não ser imparcial no exercício das suas funções.
A reprimenda de Santos Silva, que interveio para destacar o papel dos imigrantes em Portugal, foi aplaudida por todas as bancadas, mas não agradou a Ventura, que defendeu que o socialista devia ter passado a palavra ao partido seguinte, ao invés de fazer um comentário sobre o projeto de lei apresentado.
“Há uma maioria absoluta e há um presidente da Assembleia da República que está refém dessa maioria absoluta”, afirmou o líder do Chega mais tarde, acusando Santos Silva de ‘seguir ordens’ do Partido Socialista.
Já o presidente da Assembleia explicou, em entrevista à noite à RTP2, que qualquer intervenção no parlamento “pode motivar outras intervenções, críticas, protestos, defesas da honra e outras figuras regimentais que servem para criticar tudo o que do ponto de vista de um deputado ou deputada mereça crítica”.
Leia Também: Santos Silva quer travar “discurso de ódio” na AR. E “não rejeita” Belém
Ponte Aérea Lisboa-Funchal
Marque já a sua próxima viagem para o Funchal desde 25€ (ida).
Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.
Apple Store Download
Regras de conduta dos comentários
16.500€
22.900€
16.950€
16.950€
58.750€
38.900€
19.900€
Chega sai da AR após tensão. "Não me impressiono com pateadas"
Santos Silva quer travar "discurso de ódio" na AR. E "não rejeita" Belém
Isabel Moreira defende Santos Silva. Constituição também toma "partido"
Ventura promete moção de censura a Santos Silva. "Só implica com o Chega"
Costa recebe Montenegro na sexta-feira com novo aeroporto na agenda
Costa marca Conselho de Ministros informal para sábado
PS assinala que apoios vão responder a aumento nos créditos à habitação
Aprovada utilização da bandeira da União Europeia no Parlamento português
Parlamento aprova novo regime jurídico para estrangeiros em Portugal
Oposição critica "pressa" do processo legislativo sobre estrangeiros
Costa assume como objetivo cortar na burocracia para reforma do Estado
Governo aprova alteração ao Código dos Contratos Públicos
AR aprova na generalidade projeto do Livre sobre estatuto de apátrida
Parlamento aprova lei das comunicações eletrónicas
Chega "lutará" para que Santos Silva não chegue a Presidente
PS acusa Moedas de "desorientação" na CML após alterar pelouro da JMJ
Descentralização deu hoje "passo fundamental", mas processo continua
Planos territoriais. PSD quer apreciação do decreto que prorroga prazo
Creches. Passo do Governo é "importante", mas vital rede pública, diz PCP
PSD e CDS vão concorrer às eleições regionais na Madeira em 2023
Moedas muda vereador com pelouro da JMJ. Retirou-o a Laurinda Alves
Moedas diz que Governo propôs aos municípios "uma meia descentralização"
Corte no consumo? Portugueses vão pagar "o gás dos alemães"
Ponte Aérea Lisboa-Funchal
Marque já a sua próxima viagem para o Funchal desde 25€ (ida).
Receba os principais destaques todos os dias no seu email.
pais Guerra na Ucrânia
"Gritos vergonhosos". Embaixada da Rússia critica Pedro Abrunhosa
mundo Índia
Governador bebeu água para atestar limpeza do riacho. Está hospitalizado
fama Camilla Parker Bowles
"Afro ruiva": O comentário que Camilla terá feito sobre filho de Meghan
auto Ferrari
Quantos Ferrari foram vendidos em Portugal este ano?
auto Radares
Condutor 'flashado' a 240 km/h em Lisboa. Limite… era de 80 km/h
mundo Ucrânia
AO MINUTO: Turquia pronta para desminar; "Não gostam da nossa existência"
fama Inês Lopes Gonçalves
Inês Lopes Gonçalves ensina 'truque' para quem não toma banho
fama Ben Affleck e Jennifer Lopez
Ben Affleck sem filha no casamento por ser leal à mãe. Houve mais faltas
pais Saúde
Ex-bastonário dos Médicos arguido por fraude com ajudas de custo
desporto Mercado de Transferências
Benfica estuda a contratação de Alexis Sánchez
Seja o primeiro a saber
Receba os principais destaques todos os dias no seu email.
© 2022 Notícias ao Minuto. Todos os direitos reservados
Seja sempre o primeiro a saber. Descarregue a nossa App gratuita
Notícias ao Minuto
Ser o primeiro a saber será ainda mais rápido
Descarregue a aplicação e aceda a toda a informação do Notícias ao Minuto por smartphone ou tablet de uma forma mais cómoda, intuitiva e imediata.
Apple Store Download

source

Rage Against the Machine condena violência contra povo indígena no Canadá – Rolling Stone Brasil

Durante show no Bluesfest, Rage Against the Machine colocou dados no telão sobre violência contra povo indígena
Redação Publicado em 19/07/2022, às 15h51
A banda estadunidense Rage Against the Machine, a qual sempre teve discurso e músicas politizados, exibiu uma mensagem com intuito de protestar durante um dos shows recentes nos quais condenaram a violência contra povos indígenas no Canadá, segundo informações do NME.
Na apresentação da última sexta, 15, no Bluesfest em Ottawa, capital do país, o grupo colocou a seguinte mensagem em uma das telas do palco: “Um indígena no Canadá tem 10 vezes mais chances de ser baleado e morto por um policial do que um branco,” em referência a uma investigação da CTV News.
+++LEIA MAIS: Ellen Jabour recebe críticas após se queixar de politização em shows do Pink Floyd e Rage Against the Machine
Após o show de retorno do Rage Against the Machine no último sábado, 9, em Wisconsin, Estados Unidos, fãs passaram a criticar a banda pelas mensagens relacionadas ao fim da lei Roe v. Wade, que garantia o direito ao aborto no país, exibidas no telão. No texto dizia:
“(…) Nascimento forçado em um país onde a mortalidade materna é duas a três vezes maior para mulheres negras do que para as brancas. Nascimento forçado em um país onde a violência armada é a principal causa de morte entre crianças e adolescentes. Abortem a Suprema Corte.”
+++LEIA MAIS: Zack de la Rocha, do Rage Against The Machine, se machuca em show, mas recusa ajuda
Fãs incomodados com a mensagem foram ao Twitter criticar o grupo. 
No Facebook, um dos usuários afirmou que a banda havia “entrado pra turma da lacração”, enquanto outro escreveu que “eles realmente eram melhores quando deixavam a política de fora”. (via TMDQA)
They should stick to playing songs and doing there thing. Nothing worse then paying $$ to see a concert and be lectured on there political beliefs. Was close to walking out of a Marshall Tucker show last year when he kept going off on politics.
+++LEIA MAIS: Rage Against the Machine: Zack de la Rocha é o melhor frontman de todos os tempos, declara Tom Morello
Rage Against the Machine  foi formado em 1991 em Los Angeles por Zack de la Rocha (vocal), Tim Commerford (baixo), e o guitarrista Tom Morello. 
Inspirado pela herança mexicana e a xenofobia vivida pelos integrantes, o grupo nasceu com letras de protesto, seus membros participam frequentemente de protestos políticos e outros ativismos. O Rage Against the Machine inclusive usa o símbolo do Exército Zapatista de Libertação Nacional, grupo mexicano de guerrilha formado por indígenas. A banda não quer esconder suas posições políticas, conforme De la Rocha explica em citação:
+++LEIA MAIS: Rage Against the Machine: Rádio toca ‘Killing in the Name’ por 18 horas seguidas
Em 2018, o guitarrista Tom Morello fez dois shows gratuitos no Brasil. Nas apresentações, Morello tocou 13 músicas. Em determinado momento do show em Porto Alegre, o músico levantou sua guitarra para revelar a frase “Justiça para Marielle”, referindo-se ao assassinato da vereadora carioca, na época com apenas seis meses de acontecido.
A turnê Public Announcement Tour, que deveria ter começado em março de 2020, mas acabou adiada devido à pandemia de Covid-19, marca o retorno do grupo aos palcos. A banda ainda passa por Chicago antes de embarcar para a Europa. Ao todo, serão 16 apresentações entre este ano e o próximo.
Uma publicação compartilhada por Rage Against The Machine (@rageagainstthemachine)
+++LEIA MAIS: Rage Against The Machine volta aos palcos após 11 anos
Homem invade mansão de Drake alegando ser filho do rapper
Steven Spielberg dirige primeiro videoclipe da carreira; assista ‘Cannibal’
Elvis Presley: por que o Rei do Rock nunca fez turnês mundiais?
Canção de Melody é removida da Apple Music após discussão com Anitta
Sem Pecado e Sem Juízo: Baby do Brasil e Pepeu Gomes relembram história por trás do hit
GRUPO PERFIL – Argentina, Brasil, Uruguai, Chile, Estados Unidos, Portugal e Índia
AnaMaria | Aventuras na História | CARAS | CARAS Creators | Cinebuzz | Contigo | Máxima | Perfil Brasil | Recreio | Sportbuzz
Rede de sites parceiros:
Atrevida | BonsFluidos | Holywood Forever | MaisNovela | Manequim | Márcia Piovesan | MinhaNovela | Mix Brasil | Rolling Stone Brasil | Tititi | Viva Saúde
PERFIL Brasil
Av. Eusébio Matoso, 1.375 5º andar – 05423-905 | São Paulo, SP
Anuncie no Grupo Perfil
+55 (11) 2197-2000 ou comercialon@caras.com.br
Clique aqui e conheça nosso Mídia Kit
Copyright Spring Publicações Ltda. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Spring Publicações Ltda.
Rolling Stone Brazil is published by Spring Publicações Ltda under license from Rolling Stone Licensing, LLC, an affiliate of Penske Media Corporation. Rolling Stone ®️ and ©️ 2022 Rolling Stone, LLC. All rights reserved.

source

Deepfakes: uma ameaça também para as organizações – Diário de Notícias Madeira

© 2021 Empresa Diário de Notícias, Lda.
Todos os direitos reservados.
Imagine que recebia por WhatsApp um vídeo com uma alta figura da Região ou do Estado a alertar para uma situação de emergência que comprometesse a sua vida e a de todos os cidadãos. O vídeo parecia real, a voz e os gestos eram iguais à da personalidade em questão e, inclusive, as roupas eram semelhantes às já utilizadas anteriormente… Se nunca tivesse ouvido falar em deepfakes e não soubesse que hoje em dia é possível alterar vídeos ao ponto de estes parecerem (quase) verdadeiros, poderia mesmo acreditar no que via sem pestanejar. Contudo, atendendo à evolução da tecnologia, já não basta “ver para crer”.
Isto aconteceu recentemente quando, em pleno confronto entre a Rússia e a Ucrânia, circulou por todo o Mundo um deepfake do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky a incitar os seus soldados a depor armas. O vídeo tornou-se imediatamente viral.
Os deepfakes são vídeos manipulados que conseguem enganar na medida em que apresentam pessoas a exprimirem palavras que nunca proferiram e a fazerem coisas que nunca fizeram. Surpreendente? Sem dúvida, mas não tanto como a forma como a tecnologia associada a esta nova forma de fake news evolui. É que por mais que os especialistas se esforcem, da mesma maneira que se desenvolvem técnicas para detetar deepfakes, surgem novos vídeos que não são detetados por essas técnicas. E assim sucessivamente.
Os deepfakes foram usados inicialmente para criar vídeos falsos de cariz pornográfico, mas depois começaram a ser utilizados em campanhas políticas difamatórias e em publicidades. Foram ganhando contornos distintos e cada vez mais criativos, sendo que têm surgido em diferentes contextos e de diversas formas. Usa-se igualmente o termo cheap fakes, também deepfakes, mas mais facilmente detetáveis por serem feitos com software acessível que não requer grandes conhecimentos tecnológicos ou de edição de vídeo.
Alguns deepfakes são feitos com intuito meramente lúdico ou cómico, mas outros geram preocupação porque se traduzem num desafio para o combate à desinformação. É que os deepfakes estão a ganhar contornos cada vez mais perigosos, podendo ser uma ameaça para as instituições, as empresas e as marcas.
É que, obviamente, a reputação corporativa pode ser facilmente afetada se um deepfake põe em risco, por exemplo, a qualidade de um produto ou serviço. E não é novidade que as fake news se difundem rapidamente, geram buzz e se podem disseminar de uma forma descontrolada, tornando-se muitas vezes virais em questão de segundos ou minutos. E por vezes pode ser impossível ou muito difícil desmentir a própria mentira.
Mas os deepfakes podem ser um perigo a outros níveis, como financeiro, por exemplo. Em março de 2019, o diretor executivo de uma empresa de energia britânica foi alvo de burla e, ao acreditar que tinha acabado de falar com o seu chefe, transferiu 240 mil dólares para uma conta na Hungria.
Os deepfakes representam também uma preocupação em termos de segurança cibernética, inclusive para altas autoridades policiais. O FBI tem deixado alertas para os perigos que podem constituir porque podem ser utilizados em operações de cibercrime, com roubo de identidade, nomeadamente para tentativas de candidaturas a vagas para trabalho remoto.
Também a Europol se mostra preocupada com o recurso à Inteligência Artificial, que pode aumentar a desconfiança nas instituições, intensificar as divisões sociais, fomentar a insegurança e difundir a discriminação e a xenofobia.
Atentos aos riscos, em vários países, começou-se de imediato a levantar problemas legais sobre a utilização de deepfakes. Nos Estados Unidos, vários Estados já aprovaram leis para os regular e outros preparam-se para o fazer. Na Europa, a utilização desta nova tecnologia não está explicitamente legislada, pelo que em Portugal não há legislação específica, embora a Lei n.º 27/2021 faça referência aos vídeos manipulados.

© 2022 Empresa Diário de Notícias, Lda. Todos os direitos reservados.

source

Academia no DF é condenada por discriminação contra criança autista – Yahoo Noticias

A Academia Elton Predosa foi condenada a indenizar por danos morais uma aluna impedida de continuar na aula de dança por estar acompanhada da filha autista de 10 anos. O caso aconteceu em setembro de 2021 e chegou ao fim no dia 30 de junho, quando foi dada a sentença no Tribunal de Justiça do Distrito Federal. A academia deverá pagar R$ 5 mil.
Bruno e Dom: PF prende 'Colômbia', suspeito de ordenar a morte de indigenista no Vale do Javari
Bruno e Dom: em meio à crise no Javari, chefe de índios isolados da Funai tira férias
A abordagem da academia foi considerada constrangedora e discriminatória pelo juiz. Segundo a mãe, ela havia ido a um unidade da academia no Riacho Fundo para uma aula de fitdance, acompanhada da filha autista. Enquanto aguardava o início do treino, foi informada pelo coordenador da academia que a menina não poderia continuar no local.
Segundo relatou a mãe, a filha já a havia acompanhado em outras situações na academia. O estabelecimento alegou que foi feito um pedido para que a menina fosse retirada do local com o objetivo de cumprir decretos que previam a limitação de alunos nas aulas por conta da pandemia de Covid-19.
Uma testemunha disse que em outros dias de aula, tanto antes quanto depois do episódio, crianças eram permitidas no local.
O professor de dança disse ter recebido uma ordem do coordenador da unidade para que a criança não mais frequentasse o ambiente durante as aulas. O motivo seria a reclamação de outras alunas de que a menina gritava e atrapalhava as atividades.
"Trata-se, a meu sentir, de uma questão de sensibilidade, humanidade e, até mesmo, bom senso, uma vez que não seria razoável que a criança permanecesse distante de sua mãe, ainda mais se este não era o costume", escreveu o magistrado
O presidente do TJ-Rio, Henrique Figueira, e da OAB-RJ, Luciano Bandeira, fazem parceria
Lista inclui espetáculo 'Pixar in Concert', que traz de volta a nostalgia de filmes que marcaram gerações, e a pré-estreia gratuita de 'Tromba Trem', no Museu do Pontal
Obra chega às livrarias em 29 de julho, às vésperas dos 80 anos do músico
Jorge José da Rocha Guaranho invadiu a festa de aniversário de Marcelo Aloizio de Arruda em 9 de julho
Projeto faz parte da linha que vai unir cinco Estados europeus na região e permitir maior mobilidade militar.
A possível visita a Taiwan da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, levanta preocupações em Washington, e o presidente Joe Biden disse que os comandantes militares se opõem à mesma por medo de uma escalada nas tensões com a China.
(Reuters) – O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse nesta quinta-feira que as sanções ocidentais impostas à Rússia devido às suas ações na Ucrânia não farão o país alterar o rumo. Em uma telefonema com repórteres, Peskov disse: "Até mesmo as sanções mais duras nunca fizeram países mudarem sua posição".
Índice é 4% maior que o cálculo de 15 dias atrás, o que demonstra tendência de estabilidade
A Corte Internacional de Justiça (CIJ) anunciou, nesta sexta-feira (22), que "se considera competente" para julgar um caso contra Mianmar, país acusado por Gâmbia de genocídio contra a minoria muçulmana dos rohingyas, rejeitando, assim, um pedido da delegação birmanesa.
Intensidade inicial faz a equipe resolver partida rapidamente e preservar e rodar jogadores, como o estreante Everton Cebolinha
Cerca de 15.000 russos morreram durante os cinco meses de invasão da Ucrânia, de acordo com os serviços de inteligência dos Estados Unidos e do Reino Unido, que acreditam que o presidente Vladimir Putin está sofrendo perdas muito maiores do que o esperado.
O PDT oficializou a candidatura de Ciro Gomes à Presidência do Brasi na última quarta-feira, dia…
Partido Conservador vai escolher entre Sunak e Truss. Futuro primeiro-ministro britânico é conhecido a 5 de setembro
O presidente da Itália, Sergio Mattarella, dissolveu o Parlamento nesta quinta-feira (21), o que implica, automaticamente, em eleições antecipadas, que serão realizadas em 25 de setembro.
Crime foi comprovado após realização de exame da jovem de 15 anos
Ranil Wickremesinghe já foi primeiro-ministro seis vezes
No clima praiano da Bahia, Cíntia Dicker exibiu a barriga de grávida ao celebrar a inauguração de…
Diretor executivo para as Américas da Eurasia, Christopher Garman avalia que cresce probabilidade de evento como a invasão do Capitólio no país. E diz acreditar que eventual governo Lula deve ser de 'lua de mel' curta e baixas taxas de aprovação.
Um pequeno cervo (ou filhote de veado) que provavelmente tentava escapar das chamas ou da fumaça dos incêndios que assolavam as florestas da região de Gironde, na França, foi encontrado morto na segunda-feira (18), levado pela maré a uma praia em Biscarrosse, a poucos quilômetros da região devastada pelo fogo. Um morador da região, Sébastien Dupuy, que encontrou o animal, o fotografou, postando no Facebook a imagem, que viralizou em toda a França, mostrada em todos os canais de TV.
Conduzido a uma delegacia nesta terça-feira, após ser abordado em um resort em Angra dos Reis, na…

source