Jogador denuncia ato racista e é vaiado por adeptos adversários até ao fim do jogo – Jornal de Notícias

Zé Carlos
Foto: Atlético Cearense
Zé Carlos, jogador do Atlético Cearense, denunciou insultos racistas por parte de um adepto do Brasil de Pelotas, que acabou detido pela Polícia. A partir daí, foi vaiado sempre que tocou na bola.
O caso aconteceu na Série C brasileira. O jogador do Atlético Cearense, Zé Carlos, denunciou ao árbitro do jogo com o Brasil de Pelotas ter sido vítima de insultos racistas por parte de um adepto do clube adversário, que terá imitado um macaco na sua direção.
O jogo foi interrompido, o adepto foi retirado do estádio e encaminhado à esquadra. No entanto, o pesadelo do jogador do Atlético Cearense, que recebeu apoio por parte dos jogadores das duas equipas e não evitou algumas lágrimas após o episódio racista, estava longe de terminar.
Durante o resto do encontro, Zé Carlos foi vaiado pelos adeptos do Brasil de Pelotas sempre que tocou na bola. O mesmo aconteceu quando foi substituído, nos minutos finais da partida.
Nas redes sociais, o Atlético Cearense prometeu, “através de seu Departamento Jurídico, buscar tomar as providências cabíveis ao caso” e prestar “todo apoio necessário ao atleta”.
Também o vice-presidente do Brasil de Pelotas, Arthur Lannes, condenou o comportamento dos adeptos do clube durante o encontro. “Já tivemos um jogo à porta fechada por causa de um caso de racismo. É inadmissível que isso volte a acontecer, parece que as pessoas não aprendem”, referiu o dirigente.
O Brasil de Pelotas acabaria por vencer o jogo, referente à 15.ª jornada da Série C, por 4-1.
Receba as notícias do dia e os alertas de última hora. Veja aqui um exemplo.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.