Deputados do PS vão defender reforço do financiamento da UMa junto do Estado – Diário de Notícias Madeira

© 2021 Empresa Diário de Notícias, Lda.
Todos os direitos reservados.
Os deputados do Partido Socialista (PS) Madeira à Assembleia da República vão defender, junto da ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a necessidade de ser reforçado o financiamento da Universidade da Madeira (UMa).
Ontem à tarde, Carlos Pereira, Miguel Iglésias e Marta Freitas estiveram reunidos com o reitor da UMa, ocasião em que adiantaram que está em curso a solicitação de uma reunião com a governante com a pasta do Ensino Superior, na qual irão abordar o tema do reforço do financiamento para a Academia madeirense.
“Julgamos que há condições para discriminar positivamente a UMa. Essa discriminação já existe hoje, mas é preciso reforçá-la, no sentido de assegurar que a Universidade da nossa Região tem condições para fazer o seu trabalho, aceder aos seus projetos e poder atrair o máximo de alunos possível”, afirmou o deputado Carlos Pereira no final do encontro, citado pela assessoria de imprensa.
Os parlamentares socialistas posicionam-se como facilitadores deste processo e garantem estar sempre disponíveis para contribuir para que tal seja assegurado. “Esperemos que nos próximos tempos, na sequência das reuniões que ocorrerão a partir de agora e que nós transmitimos ao senhor reitor, possamos ter soluções que venham ao encontro das necessidades da nossa universidade”, referiu Carlos Pereira.
Por outro lado, os deputados sublinharam os compromissos assumidos durante a campanha e que tinham a ver com procurar encontrar o máximo de meios financeiros disponíveis para o financiamento da Universidade, “não apenas o financiamento corrente, mas também aquele que é indispensável para que a Universidade continue a fazer investimentos, investigação e desenvolvimento e passe melhor a aceder aos fundos europeus”.
Conforme deu conta Carlos Pereira, no último quadro comunitário, a UMa estava impedida de aceder a fundos europeus, devido ao facto de o Governo do PSD/CDS não ter integrado as universidades das regiões autónomas no acordo de parceria, algo que agora será revertido. “Foi possível neste novo acordo de parceria para o próximo programa voltar a incluir a UMa como beneficiária dos fundos europeus”, congratulou-se o parlamentar.

© 2022 Empresa Diário de Notícias, Lda. Todos os direitos reservados.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.