Prefeitura promove palestra com foco no combate ao Racismo Institucional – Jornal A Crítica

A Prefeitura de Campo Grande, através da Secretaria de Assistência Social (SAS), em parceria com Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos, promoveu nesta quarta-feira (13), palestra com o tema “Racismo Institucional” – que tem como foco implementar programas e serviços que visam combater o racismo e todo tipo de discriminação.
O encontro aconteceu no auditório da SAS e contou com a participação de pelo menos cem servidores. A gerente de Gestão do SUAS, Simone Martins, ressaltou a importância do evento tanto para os servidores como para os usuários. “Nós estamos abordando o tema Racismo Institucional desde o ano passado. Com a quantidade de processo seletivo o nosso objetivo é capacitar os servidores, para garantir o respeito mútuo no ambiente de trabalho e aperfeiçoar o atendimento aos nossos usuários”, disse.
A subsecretária da Defesa dos Direitos Humanos e coordenadora de Políticas de Promoções da Igualdade Social, Rosana Anunciação Franco, justificou a necessidade de erradicar os altos índices de desigualdade social e o racismo, em toda sociedade. “Com a implantação de palestras como esta, nós conseguimos ter um feedback positivo dos servidores e da própria população, nosso objetivo é abordar a temática com uma perspectiva que contribui para eliminar os termos racistas que estão estruturados na nossa sociedade”, afirmou.
A subsecretária ainda destacou que a Prefeitura de Campo Grande tem trabalhado ações de inclusão e valorização do servidor e que mostra um novo olhar sobre a igualdade social preservando a diversidade cultural e respeitando a particularidade de cada povo. As palestras sobre o tema reforçam a valorização dos servidores por meio da política de ações afirmativas, visando a sensibilização das relações étnico-raciais e inclusão.
A palestra abordou também a preservação da memória, da cultura e da identidade étnica da população negra, dos povos de terreiro, povos ciganos, assim como à inserção plena desses segmentos na sociedade, na vida econômica, política, cultural e social de Campo Grande.
A servidora Rose Elaine da UAICA I, avaliou o evento como uma oportunidade de desmistificar a cultura padronizada que a sociedade defende por falta de conhecimento. “Esse tipo de divulgação que hoje estou tendo a oportunidade de participar, nos traz um novo olhar sobre o racismo, não só o racial, como também o religioso e o cultural, em todas as esferas da sociedade”, pontuou.
Saiba mais
A SAS realizou, por meio de ações contínuas, o debate sobre questões raciais e que combatem o preconceito. Em 2021, pelo menos 40 servidores participaram, na secretaria, de palestras sobre o racismo institucional, priorizando as práticas de atendimento cotidiano de trabalho, visando à sensibilização dos servidores no combate a todas as formas de preconceito ou exclusão.
Você acredita que pode haver um novo atentado durante a campanha eleitoral neste ano?

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.