OAB repudia racismo contra PM no DF: “Praga insiste em se perpetuar” – Metrópoles


Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.
11/07/2022 16:46,atualizado 11/07/2022 16:46
A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Distrito Federal (OAB-DF) divulgou uma nota de repúdio contra o ato de racismo cometido por um jovem ao ser abordado por um policial militar.
No último sábado (9/7), o 2º sargento da PMDF Shemeoerk Apoliano abordou Patrick Sóstenes de Souza Ferreira, 26 anos, na orla do Lago Paranoá. Segundo o PM, o rapaz recusou-se a se virar de costas e disse que “não seria abordado por policial negro”. Ele foi preso por injúria racial.
A Comissão de Igualdade Racial e a Diretoria de Igualdade Racial e Social da OAB-DF disseram que “o racismo, em todas as suas formas, deve ser rechaçado, combatido e amplamente punido”. “O ataque discriminatório racial contra um agente do estado no exercício de sua função institucional demonstra preocupação e liga um forte sinal de alerta aos níveis que o racismo no Brasil vem alcançando”, afirmaram.
Os setores especializados da OAB-DF se colocaram à disposição da Polícia Militar do DF e do 2º sargento “para apoio e todo o suporte jurídico necessário para apuração e, sendo o caso, punição para esta prática horrível que não deve ter qualquer espaço em nossa sociedade.”
“Estaremos juntos, enquanto instituições e pessoas, para exterminar esse mal da nossa sociedade. Racismo não é mal-entendido, racismo é crime e deve ser completamente reprovado por todos e todas”, disseram.
Segundo a comissão e a diretoria, “apenas com atuações conjuntas e visando atacar a raiz deste mal, mas sem esquecer das adequadas responsabilizações individuais, é que vamos superar esta ‘praga’ que insiste em se perpetuar em nossa sociedade.”
 
Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.
Operação Maritimum também atuou em Natal e na Baixada Santista contra tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro em portos
Fausto Pinato (PP-SP) pede ao TSE que convide representantes do Mercosul, da OEA, da ONU e da União Europeia para acompanharem o pleito
Documentário sobre o jornalista Ibrahim Sued foi selecionado, nesta terça-feira (12/7), para a 50ª edição do Festival de Cinema de Gramado
Pré-candidato do União Brasil tenta garantir um espaço no palanque de Eduardo Leite (PSDB), que concorrerá ao governo do Rio Grande do Sul
Moto é cara, sim, porém tem mais força, segurança e conforto do que muitos carros por aí. O motor de seis cilindros, por exemplo, gera 160cv
Todos os direitos reservados

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.