Mamonas Assassinas: Qual seria o posicionamento político da banda hoje? Família responde – SRzd

Mamonas Assassinas. Foto: Reprodução/YouTube
Bolsonarista ou Lulista? Qual seria o posicionamento da banda Mamonas Assassinas nos dias de hoje? A resposta foi dada, através de uma thread no Twitter – conjunto de tuítes numerados e vinculados uns aos outros para usuários contarem uma história – por Carol Reoli, irmã de Júlio Reoli, tecladista do grupo.
Carol começou o fio contando um pouco da personalidade de cada um dos membros dos Mamonas. Em seguida ela relembrou que a banda se chamava inicialmente Utopia e que eles participavam de comícios e campanhas para políticos de esquerda que apoiavam.
“Em um desses comícios, escreveram o verso: ‘Vote certo, vote consciente. Geraldo deputado e Lula presidente’”, escreveu.
 
+ Alexandre Pires relembra visita de Dinho, dos ‘Mamonas Assassinas’: ‘Saiu cantando várias músicas do SPC’
+ Após piada sobre hidrocefalia, MP abre ação contra Léo Lins
Reoli também citou as inúmeras músicas que tinham cunho social para a época, como criticas ao consumismo, à homofobia e à xenofobia, pautas que também são alvo da esquerda.
“Atualmente, as famílias, namoradas e amigos de todos os integrantes (pessoas que tiveram a mesma criação que eles e conviveram com eles diariamente) são todos contra o governo Bolsonaro”, escreveu a irmã do Júlio Reoli em outro trecho.
Questionada através de uma caixa de mensagens no Instagram, a sobrinha do vocalista Dinho, Alecsandra Alves, respondeu se seu tio apoiaria o presidente Jair Bolsonaro (PL) atualmente. A resposta foi dada também com a mesma imagem do cantor vestindo a camiseta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Meu tio era Lula. Logo, jamais”, escreveu.
Bianca Lacerda, sobrinha de Sérgio e Samel Reoli, afirmou no Facebook: “Eu tenho certeza que eles não seriam bolsonaristas, pelo amor de Deus”.
Os Mamonas marcaram a década 90. O rock cômico com um emaranhado de influências, que iam de forró à música portuguesa, se tornou um fenômeno democrático, que agradava todas as faixas etárias. A banda foi vítima de um acidente aéreo em março de 1996. Todos os membros morreram no auge do sucesso, além de um ajudante de palco, um segurança, o piloto e o copiloto da aeronave.
OS MAMONAS ASSASSINAS E A POLÍTICA NACIONAL – a thread pic.twitter.com/dIlHrZeOAP
— carol e samuca melhores amigos (@carolreoli) July 11, 2022

 
 

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.