Jornalista é alvo de racismo em São Pedro da Aldeia – O São Gonçalo – O São Gonçalo

A jornalista Renata Cristiane de Oliveira, de 49 anos, foi alvo de um ataque racista em São Pedro da Aldeia, na última sexta-feira (01). Dois cartazes com as ofensas: “Renata Cristiane. Reporte Macaca. Lá Cabo Frio (sic)”, foram colados em ponto de ônibus da região.
De acordo com as informações, ela foi avisada por uma internauta, que segue o perfil da jornalista nas redes sociais, fazendo com que Renata fosse até dois pontos de ônibus, em frente ao Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia e visse os dois cartazes.
“Na hora, fiquei muito abalada. Fui até os pontos de ônibus. Vi que o cartaz não tinha sido colado hoje. Ao lado de um deles, havia outro cartaz com versículo da bíblia. Passar por isso é muito desagradável”, relatou a jornalista ao jornal O Dia, onde atua como editora da Região dos Lagos.
Para Renata, os ataques acontecerem pelo fato de algumas pessoas se incomodarem com seu destaque na região. Renata, que atua na Região dos Lagos há 20 anos, conta que esse não é o primeiro preconceito que viveu ao longo da sua carreira. A jornalista disse que ainda não decidiu se vai fazer o registo do caso em uma delegacia.
A prefeitura de Cabo Frio prestou solidariedade a repórter: “A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria Adjunta de Comunicação, lamenta profundamente o ato inaceitável de racismo sofrido pela jornalista Renata Cristiane nesta sexta-feira (1⁰). Ela foi alvo de ofensa escrita em local público, de maneira covarde. Este tipo de crime precisa ser investigado com todo o rigor necessário, para que a pessoa responsável seja devidamente punida nos termos da lei. O racismo é intolerável e não cabe em nossa sociedade. Devemos lutar diariamente contra o preconceito e a intolerância. Manifestamos nossa solidariedade à jornalista Renata Cristiane!”.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.