Ofuscado por racismo e homofobia de Piquet, F1 chega a Silverstone – Metrópoles


03/07/2022 2:00,atualizado 03/07/2022 8:09
A Fórmula 1 chega ao GP da Grã-Bretanha, no circuito de Silverstone, com a Red Bull em grande momento na temporada, tendo vencido as últimas seis corridas – cinco com Verstappen e uma com Sergio Perez.
O que acontece dentro das pistas, no entanto, ficou ofuscado pelas declarações racistas e homofóbicas de Nelson Piquet contra Lewis Hamilton. O tricampeão mundial usou o termo “neguinho” para falar de uma batida do britânico contra seu genro Max Verstappen, que aconteceu justamente em Silverstone, na temporada passada, e deu o tom de toda a rivalidade e drama vistos em 2021. Além disso, repetiu o termo e disse que Hamilton estava dando o c*, ao relembrar o campeonato de 2016, em que Lewis disputou corrida a corrida com Nico Rosberg.
Com a notável exceção de Bernie Ecclestone, o mundo da Fórmula 1 apoiou Hamilton em massa, incluindo Verstappen, que afirmou que o sogro escolheu “mal suas palavras”.
Confira, abaixo, mais detalhes sobre o campeonato e o GP da Grã-Bretanha, que acontece neste domingo (3/7), a partir das 10h30, com transmissão da Bandeirantes:
Max Verstappen chega a Silverstone como líder do campeonato e sairá de Silverstone como líder do campeonato. Isso porque o holandês tem 46 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, seu companheiro de equipe, Sergio Perez. A Red Bull vive momento iluminado na temporada após ter começado o campeonato com problemas de confiabilidade no carro.
Caminho inverso faz a Ferrari. Após ter dado pinta de favorita e liderar o campeonato, a squadra italiana é quem vem tendo dificuldades de terminar suas corridas, tendo perdido seis provas em sequência. Em Silverstone, a equipe promete vir com novidades para recuperar o espaço perdido.
Confira as classificações dos Campeonatos de Piloto e Construtores:
F1/Reprodução

 
Os treinos classificatórios do GP da Inglaterra terminaram de forma histórica para o espanhol Carlos Sainz, que conquistou sua primeira pole position da carreira na Fórmula 1. Aos 27 anos, em sua oitava temporada e no Grande Prêmio número 150, o piloto ferrarista conseguiu superar o líder do campeonato, Max Verstappen, em sua última volta para confirmar a inédita pole debaixo de chuva no Circuito de Silverstone.
Distância: 5.891km
Número de voltas: 52
DRS – 2 zonas
Zona 1: após a curva 5 (Aintree)
Zona 2: após a curva 14 (Chapel)
Pneus disponíveis: C1 (duros), C2 (médios) e C3 (macios)
Recorde em corrida: 1min27s097 (Max Verstappen, Red Bull, 2020)
Resultado de 2021
Pole position: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min26s134
Pódio:
1º Lewis Hamilton – ING/Mercedes – 1h58min23s284
2º Charles Leclerc – MON/Ferrari – +3s871
3º Valtteri Bottas – FIN/Mercedes – +11s125
Silverstone é o local onde a Fórmula 1 realizou a primeira corrida da sua história, há 70 anos. Giuseppe Farina venceu o evento, tão grandioso que foi acompanhado pela Rainha Elizabeth II.
Dos quatro maiores vencedores da história, três são britânicos: Lewis Hamilton é o maior vencedor de Silverstone, com sete vitórias. Jim Clark, escocês, tem cinco, e Nigel Mansell, tem quatro.
O maior vencedor da história da Fórmula 1, aliás, batizou um trecho do circuito. Em 2020, a reta principal, onde ficam os boxes, passou a ser chamada de reta Hamilton.
Se o clima estava tenso entre Lewis Hamilton e Max Verstappen em 2021, a rivalidade entre os pilotos virou flagrante hostilidade depois de Silverstone. O holandês e o britânico se tocaram na primeira volta da corrida, e o piloto da Red Bull acabou batendo em alta velocidade.
Verstappen precisou ir ao hospital e passar por exames, enquanto Hamilton tomou uma punição de 10 segundos, mas mesmo assim conseguiu vencer a corrida, superando Charles Leclerc na antepenúltima volta para conquistar sua 99ª vitória na categoria.
A vitória e a comemoração de Hamilton não foram bem vistas pela Red Bull e o chefão Christian Horner, iniciando uma batalha de declarações hostis com a Mercedes e Toto Wolff, que desembocaram em hostilidades, também, nas pistas entre os pilotos.
O chinês Guanyu Zhou capotou e quase atingiu os torcedores nas arquibancadas, que se assustaram e alguns até saíram correndo
Abdiás Melo estava preso em aeroporto de Lisboa, em Portugal, e viralizou ao relatar problemas pessoais para repórter ao vivo
Casos estão no Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo
Obra será lançada na próxima terça-feira (5/7)
É praticamente impossível saber o que é confiável e o que não é, e isso pode afetar e muito as empresas, avalia Dilton Caldas, da Metax
Todos os direitos reservados

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.