Vítima de homofobia, funcionário da CBTU ganha ação e deve ser indenizado – Band Jornalismo

Neste 28 de junho, Dia do Orgulho LGBTQIA +, um funcionário da CBTU de BH, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos, ganha uma ação na justiça e deverá ser indenizado por ser vítima de homofobia.
A vítima procurou a Justiça do Trabalho alegando que passou por discriminação devido à orientação sexual desde a contratação, em 2017.
O desembargador Marcus Moura Ferreira entendeu que ficou comprovado que o profissional era vítima de homofobia, praticada pelos colegas de trabalho, e que não teve suporte dos superiores.
Desta forma, determinou que a empresa pague uma indenização de R$ 5 mil ao trabalhador, por danos morais. A decisão, no entanto, ainda cabe recurso.
Segundo uma testemunha, as ofensas homofóbicas eram direcionadas ao profissional principalmente por meio de um grupo de mensagens.
Em nota, a CBTU disse que esse grupo não era um canal oficial da instituição e que nenhum tipo de denúncia sobre as mensagens de cunho homofóbico chegou à administração da empresa.
A companhia ainda afirmou que não compactua com nenhum ato de homofobia, racismo ou qualquer comportamento discriminatório que viole o direito de liberdade e de expressão.
Li e concordo com os Termos de Uso e Políticas de Privacidade

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.