Contra o racismo, programa de governo de Lula e Alckmin prevê o combate ao superencarceramento – Brasil 247

Documento também estabelece como metas a implantação e valorização de políticas públicas voltadas para a juventude, idosos e a comunidade LGBTQIA+ edit

247 – As diretrizes para a elaboração do programa de governo da chapa formada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) estabelece como “imprescindível a implementação de um amplo conjunto de políticas públicas de promoção da igualdade racial e de combate ao racismo estrutural”. 
Está prevista a “construção de políticas que combatam e revertam a política atual de genocídio e a perseguição à juventude negra, com o superencarceramento, e que combatam a violência policial contra as mulheres negras, contra a juventude negra e contra os povos e comunidades tradicionais de matriz africana e de terreiro”. 
O documento, intitulado “Diretrizes para o Programa de Reconstrução e Transformação do Brasil”,  ressalta a necessidade da “continuidade das políticas de cotas sociais e raciais na educação superior e nos concursos públicos federais, bem como sua ampliação para outras políticas públicas”, além da “proteção dos direitos e dos territórios dos povos indígenas, quilombolas e populações tradicionais”.
O material também prevê o combate à discriminação e o respeito à população LGBTQIA+ assegurando seu “direito à saúde integral, a inclusão e permanência na educação, no mercado de trabalho e que reconheçam o direito das identidades de gênero e suas expressões”. O documento também estabelece como meta a valorização e inclusão dos jovens no mercado de trabalho e a garantia de direitos e respeito às pessoas com deficiência e idosos.  
Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:
 
O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.
A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247
© 2022 Editora 247 – Todos os Direitos Reservados

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.