Empresas ainda têm políticas pouco eficazes para inclusão de minorias, diz pesquisa – Época NEGÓCIOS

Relatório aponta que maioria dos profissionais em cargos de chefia, direção e presidência são cis e heteronormativas (Foto: Pexels)
De acordo com a pesquisa Diversidade e Inclusão (D&I), realizada pela consultoria global Great Place To Work (GPTW), embora muitas empresas apresentem políticas para inclusão de minorias, tais práticas ainda se mostram pouco eficazes para grande parte dos colaboradores.
Realizado entre outubro 2021 e junho de 2022, o estudo falou com mais de 14 mil profissionais. De acordo com os resultados, a grande maioria dos profissionais em cargos de presidência, diretoria e gerência são pessoas cis e heteronormativas (92%).
Apenas 10% dos funcionários entrevistados se autodeclaram membros da comunidde LGBTQIA+ – 8% estão em cargos de gerência e apenas 6% ocupando a presidência/diretoria de empresas.
Pessoas do grupo LGBTQIA+ também são as que mais escutam “piadas” e comentários preconceituosos – e 24% afirmam presenciar tais situações com muita ou alguma frequência. O grupo, que considera importante trabalhar em um ambiente inclusivo (72%), ainda é o que mais passa por mais situações de discriminação, assédio ou intimidação, cerca de 20%.
Outros grupos que também indicam passar por situações de e discriminação, assédio ou intimidação com frequência são negros (17%), indígenas (19%), mulheres (15%), PCDs (18%) e profissionais com mais de 50 anos (19%).
“Hoje vemos a pauta de diversidade e inclusão considerada estratégica na agenda corporativa pelas empresas, mas na prática o tema não é prioridade, no sentido de termos ações voltadas para isso”, declara Raul Valle, consultor e especialista em diversidade do GPTW.
Por fim, a pesquisa mostra que as políticas de integração, que ajudam a tornar o ambiente profissional diverso, tiveram uma retração dentro das diretrizes do mundo corporativo. Mas, como lembra o estudo, não adianta colocar em prática processos seletivos que favoreçam as minorias, se não existe um esforço para realmente incluir aquele funcionário, que pode até mesmo chegar ao topo da hierarquia.
Quer conferir os conteúdos exclusivos de Época NEGÓCIOS? Tenha acesso à versão digital.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.