Etarismo: Psicóloga explica preconceito sofrido por diversas famosas – ISTOÉ Independente – ISTOÉ

Comportamento
Etarismo: Psicóloga explica preconceito sofrido por diversas famosas (Crédito: Montagem reprodução Instagram)
Letícia Sena
Andréa Beltrão, Claudia Raia, Denise Fraga, Dira Paes, Fafá de Belém, Ingrid Guimarães, entre outras famosas, seja nas redes sociais ou ao dar entrevistas, já revelaram terem sofrido etarismo, que é discriminação e preconceito contra pessoas com idade avançada.
O etarismo é identificado dentro de padrões sociais, de beleza, no mercado de trabalho, com isso, muitas mulheres se sentem julgadas ao surgirem as primeiras rugas e cabelos brancos.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em um relatório de 2021, estima-se que uma em cada duas pessoas pratique alguma atitude relacionada ao etarismo no mundo.
IstoÉ Gente conversou com a neuropsicanalista da USP Priscila Gasparini Fernandes, que explicou tudo sobre o assunto. Confira!
“No dia a dia infelizmente é muito comum ouvirmos a frase: “Você não tem mais idade para isso”, ou evitar um caixa eletrônico onde um idoso está utilizando pois teoricamente irá demorar. A taxa de contratação de idosos para o mercado de trabalho é extremamente baixa. O estereótipo de que a idade é um problema afeta muito a vida dos idosos, o medo de falhar e ser julgado faz com que eles se afastem do convívio social, gerando tristeza e depressão”, começou a profissional.
“Etarismo, idadismo ou ageísmo são usados para definir o preconceito em relação a idade avançada dos indivíduos, se refere aos estereótipos (como pensamos), preconceito (como nos sentimos) e discriminação (como agimos) em relação aos idosos. O etarismo está relacionado com a capacidade do ser humano em tomar decisões, atividades profissionais e realizar tarefas rotineiras. É muito comum, por exemplo, tratar os idosos como uma criança, como se reafirmasse um retrocesso no desempenho cognitivo, intelectual e social. O idoso é tão capaz de viver independente como qualquer outro cidadão”.
+ Suspeitos confessam ter matado jornalista britânico e indigenista na Amazônia, diz BandNews

“Com o aumento da expectativa de vida da população como um todo, devemos criar uma melhor conscientização nas pessoas, e um respeito maior pelo idoso, por seu conhecimento e experiencia adquirida pela vivencia que teve. Negar o envelhecimento de outras pessoas é negar a própria vida, pois haverá o mesmo processo de envelhecer para todos, devemos semear o respeito e a consideração, pois iremos colher, ensinando nossos filhos a não vincular a idade com a capacidade, trabalhando sempre a inclusão e o amor ao próximo”, finalizou Priscila Gasparini.
Tópicos
Copyright © 2022 – Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.
Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.