O respeito pelos mais velhos leva campanha às escolas – Jornal de Notícias

No dia 15 de junho assinala-se o Dia Mundial da Consciencialização da Violência contra a Pessoa Idosa.

As pessoas idosas merecem ser respeitadas em todos os sentidos! Todas as idades contam e os mais velhos já cá andam há mais tempo… e um dia, somos nós que envelheceremos e também quereremos ser respeitados, ouvidos, apoiados.
Contudo, não faltam casos em que isso não acontece, há sempre aqueles que abusam dos velhinhos por serem frágeis, sem forças para se levantar, esquecerem as coisas, as rotinas ou “dizerem tolices”. Chama-se a isto “discriminação etária”. O corpo e a mente estão mais gastos, mas a sua dignidade e valor são os mesmos e não podem ser desprezados ou maltratados só por não conseguirem fazer as coisas como nós: merecem respeito, muuiiita paciência e cuidado.
Os maus tratos e a violência contra pessoas idosas são situações que vivem do silêncio. Os idosos são muitas vezes esquecidos e sujeitos a maus-tratos físicos e psicológicos, quer pelas suas famílias, quer pelos serviços de acolhimento ou pela sociedade em geral. Há abusos verbais, emotivos, financeiros e físicos sobretudo porque os mais velhos não se conseguem defender tão bem. As vítimas sofrem em silêncio por medo, para não magoar os cuidadores ou outras razões.
A ONU escolheu o dia 15 de junho para relembrar que a discriminação etária é uma grave violação dos Direitos Humanos, exigindo o empenhamento dos governos, das instituições e da população para mudar a situação.
Desafiamos-te, então, no dia 15 de junho, a ter gestos de solidariedade, de proteção e de respeito para com as pessoas mais velhas, em casa, na rua, enfim, em todo o lado, fazendo uma homenagem à sua experiência de longa vida. Tem paciência, escuta-os com outra atenção, ouve as suas histórias de vida, dá-lhes a mão, faz-lhes uma festinha.
Nesse dia, a CPI – Comissão de Proteção ao Idoso, uma associação que se dedica à defesa e promoção dos direitos das pessoas idosas organiza a 2ª edição da campanha de sensibilização contra a violência sobre as pessoas idosas, intitulada “O Silêncio tem Voz”, a apresentar nas escolas com a participação de professores e alunos. A iniciativa decorre entre 13 a 17 de junho, integrada no Dia Mundial da Consciencialização da Violência sobre as Pessoas Idosas. Vai haver momentos de reflexão, discussão e troca de experiências.
Ao falarmos sobre este assunto, ao confrontarmos aqueles que desrespeitam os “velhinhos” com palavras ou atos, ao termos nesse dia, pelo menos, uma atitude de apoio e de respeito para com um idoso em dificuldade, estaremos a dar voz ao seu silêncio.

Texto: Maria José Pimentel
Subscreve a newsletter e recebe todas as notícias.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.