ONGs unem-se para dar mais eficácia a queixas de abusos de direitos humanos – Jornal de Notícias

Para integrar a plataforma, as organizações têm de comprovar trabalho ativo na área dos direitos humanos em Portugal
Foto: Rui Manuel Ferreira / Global Imagens
Projeto vai ajudar organizações a dar melhor seguimento a denúncias de abusos de direitos humanos.
Um consórcio de sete organizações não governamentais (ONGs), liderado pela Amnistia Internacional Portugal, vai avançar com a criação de uma plataforma de direitos humanos, cujo objetivo é unir esforços para uma atuação eficaz junto da sociedade civil e amplificar as mensagens das vítimas, de forma a chegar aos decisores políticos. O projeto-piloto será constituído formalmente ainda durante este ano.
Sustentabilidade. Bruxelas quer multar empresas que violem direitos humanos e regras ambientais na UE
Aministia Internacional. Problemas de direitos humanos persistem em Portugal
“Há vítimas de abusos de direitos humanos que apresentam queixa a uma organização. Mas, devido às suas camadas de vulnerabilidade e de múltipla discriminação, por vezes precisam de mais organizações e mais específicas”, aponta Susana C. Gaspar, gestora do projeto da Plataforma de Direitos Humanos em Portugal.
Receba as notícias do dia e os alertas de última hora. Veja aqui um exemplo.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.