Casos de xenofobia contra brasileiros em Portugal aumentaram 433% desde 2017, diz órgão do país europeu – Brasil 247

Brasileiros falaram o que ouviram de portugueses edit

247 – A Comissão para a Igualdade e contra a Discriminação Racial (CICDR), órgão ligado ao governo português, informou que as denúncias de casos de xenofobia contra brasileiros em Portugal aumentaram 433% desde 2017. Em 2020, foram 96 queixas nas quais a origem da discriminação foi a nacionalidade brasileira, contra 18 três anos antes. 
Alguns brasileiros relataram o que ouviram de portugueses. As informações foram publicadas pela BBC News
“Não é problema meu se você não sabe falar português”, disse uma pessoa. “Não há água potável no Brasil”, relatou outro brasileiro ao falar como foi tratado. 
“Mulher brasileira vem para cá para roubar o marido das portuguesas”, teria dito uma pessoa de Portugal a um brasileiro. 
 “Os moradores estão se sentindo incomodados de ver uma pessoa assim como você, estranha, andando por aqui”. 
“Brasileiras são todas putas”, ouviu uma mulher.  “Você não entende nada. Você é burra”, ouviu outra pessoa. 
Os brasileiros representam a maior comunidade imigrante em Portugal, representando 29,2% de todos os estrangeiros em situação regular no país, informou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), órgão do governo português responsável pelo controle da imigração.
O número pode ser maior, pois não inclui os brasileiros com dupla cidadania portuguesa ou de outro país da União Europeia e quem está em situação migratória irregular.
Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:
O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.
A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247
© 2022 Editora 247 – Todos os Direitos Reservados

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.