Russos com dificuldade para abrir contas em bancos portugueses – Expresso

Siga-nos

Economia
27 maio 2022 23:04
texto
texto
Jornalista
Jornalista
Ilustração
27 maio 2022 23:04
texto
texto
Jornalista
Jornalista
Ilustração
Até a diferença de alfabeto parece trazer dificuldades na hora de cidadãos de países diretamente afetados pela guerra na Ucrânia fazerem movimentações bancárias em Portugal. São vários os casos sobre recusas de abertura de contas, e só uma advogada com que o Expresso falou menciona mais de 20 situações. Os bancos enjeitam a acusação de discriminação por nacionalidade, mas as políticas internas abrem a porta a uma maior restritividade na relação com determinados clientes. A solução para os cidadãos que se sentem afetados passará por queixas caso a caso.
Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, a 24 de fevereiro, que as relações comerciais com aqueles dois países e a Bielorrússia ficaram dificultadas, obstáculos a que acresceram as sanções aplicadas pela União Europeia. Nessas novas sanções, que intensificaram algumas existentes desde a anexação da Crimeia, em 2014, há bancos russos e bielorrussos com que os congéneres portugueses não podem fazer transações, há cidadãos proibidos de receber verbas e há transferências impedidas.
Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.
Artigo Exclusivo para assinantes
No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante? e continue a ler
Comprou o Expresso?
Insira o código presente na Revista E para continuar a ler
+ Exclusivos
+ Economia
Siga-nos

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.