Ministra garante que combate à violência no desporto é prioridade do Governo – A Bola

Ana Catarina Mendes, ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, garantiu, esta terça-feira, que o combate à violência no desporto «é uma prioridade», e uma «luta contínua» do Governo, inscrita na proposta de Orçamento do Estado, que está a ser discutida na especialidade.
 
«O combate à violência no desporto é uma prioridade, e é sempre uma luta contínua, mesmo que haja evolução nesse trabalho é sempre possível fazer mais», disse a governante, na audição no Parlamento no âmbito da discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado.
 
A ministra lembrou que a violência, o racismo e a xenofobia «são transversais à sociedade», e garantiu que o executivo de António Costa «não descurará essa matéria».
 
Ana Catarina Mendes destacou ainda que a aposta na prevenção, revisão dos modelos de segurança dos recintos em campanhas de sensibilização», lembrando que a Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD) já está a fazer esse trabalho.
 
A ministra, que foi alertada pelo deputado André Lima, do PSD, sobre os alegados insultos de adeptos do Boavista ao avançado do Vitória de Guimarães, Rochinha, na sexta-feira, em jogo da 33.ª jornada da Liga, afirmou:
 
«É preciso condenar manifestações de ódio, racismo, seja no contexto desportivo, seja em que espaço for», concluiu.
Anita . . .Anita . . . não mintas que é pecado . . .
Já ouvi tantas vezes isto! podem começar por juntar RC e Varandim e toda a comunicação dos 2 clubes por aquilo que andam a dizer dos árbitros e do Porto, merecem punição severa, coragem? NENHUMA!!!!
O primeiro ministro que comece por pôr mão no clube dele e acabe de uma vez com a corrupção exercida por esse clube.
Que grande hipócrita!! Falam muito mas não fazem nada. Volta lá para o teu marido pedófilo (o pedroso) e desaparece!!
Ai sim? Então porque não se proibe claques? Sem claques nos estádios, menos extremismo, menos violencia.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.