Indígenas de Feira Grande denunciam discriminação étnico-racial durante campeonato – Gazetaweb.com

Maceió: /
Editorias
Assuntos do dia
Últimas notícias
Esportes
Competição é realizada com o apoio da Prefeitura de Feira Grande, interior de Alagoas
Marcos Rodrigues
19/05/2022 07h36 – Atualizada em 19/05/2022 07h42
Divulgação/Cortesia
O campeonato de futebol realizado com o apoio da Prefeitura de Feira Grande, interior de Alagoas, que deveria promover o esporte e integrar os moradores da comunidade, acabou com uma denúncia de discriminação étnico-racial. A denúncia foi feita por lideranças da tribo Tingui Botó ao Ministério Público Federal – Procuradoria da República em Arapiraca.
De acordo com a denúncia, o SC Internacional, time que os representa, foi prejudicado após uma quebra de acordo firmado com os organizadores da competição. Isso porque, por conta das tradições culturais e religiosas, o time não pode jogar nos momentos de recolhimento. Sendo assim, os jogos que coincidirem com as datas tradicionais seriam automaticamente remarcados.
"Isso foi respeitado até um certo momento da competição. Mas, na última rodada da semifinal, eles marcaram em um momento que não poderíamos participar e o time foi automaticamente desclassificado. Por isso, estamos denunciado discriminação racial, por eles não respeitarem nossa cultura", relatou o cineasta, escritor e escritor Marcelo Tingui.
Ele conta que não é a primeira vez que a tribo Tingui Botó sofre preconceito. São vários os casos de situações no ambiente escolar e, até mesmo numa publicação literária que, ao invés de reconhecê-los como índios, o descreveram como remanescentes de Quilombolas. Além disso, em outra oportunidade, até memes para internet com discriminação e gozação já foram divulgados.
Indígenas fazem parte do time SC Internacional – Foto: Divulgação/Cortesia
Descumprimento
Conforme detalhes da denúncia, o SC Internacional disputou os jogos de classificação normalmente até o início do mês abril. Em maio a competição entrou na fase semifinal, sendo que o primeiro jogo ocorreu no dia 1º, na comunidade Olho d'Água, e foi vencido pelo time indígena, por 1 a 0. Na data prevista para a partida de volta, marcada para o dia 8 de maio, em terras indígenas, um dos atletas da equipe adversária estava lesionado e, em comum acordo, a partida foi adiada. 
No ofício encaminhado pela equipe, a partida só poderia ocorrer após o período de 9 a 14 de maio, mas nesses dias os atletas do SC Internacional estariam impedidos, por questões ligadas às suas tradições, de disputar o jogo. A data escolhida, então, foi 15 de maio, no último domingo, em um campo neutro, no caso o Estádio Municipal. 
Mas, segundo Marcelo Tingui, no dia em que a partida seria realizada para apontar um dos finalistas, os organizadores ligados à Secretaria de Esporte de Feira Grande informaram à arbitragem que o SC Internacional teria desistido do jogo e que a partida seria decidida por WO, mesmo com os atletas presentes ao local.
Time indígena durante campeonato de futebol em Feira Grande – Foto: Divulgação/Cortesia
O clima ficou tenso, as lideranças orientaram os atletas a não reagirem e questionarem a atitude posteriormente. Em seguida, a arbitragem procedeu com apenas a equipe adversária marcando gol, após o apito, para confirmar o suposto abandono.
A reportagem da Gazetaweb procurou a Prefeitura de Feira Grande, mas nos contatos com o prefeito da cidade, Flávio Apóstolo, não obteve êxito.
Montanha russa
Alonso se solidariza com má fase de Hamilton: 'Bem-vindo, essa é a F1'
Ginástica Artística
Rebeca Andrade consegue maior nota e avança à final do Troféu Brasil
Desabafou
Ricciardo revela que começo ruim na McLaren pôs em dúvida amor pela F1
Queda de braço
Ferrari vê carro da RBR em vantagem após atualizações e promete melhorias
Após falha recente
Jogador do Palmeiras sofre ameaças e tem carro atingido por torcedores
em paz
Horner alfineta chefe da Mercedes e vê briga equilibrada com Ferrari na F1
Contato Comercial
(82) 4009.7755
[email protected]
Redação
(82) 4009.7853
[email protected]
Baixe os aplicativos da Rádio:
© Gazeta de Alagoas Online Ltda. Todos os direitos reservados.
Faça uma pesquisa

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.