Comissão de juristas debate discriminação tecnológica por inteligência artificial – Senado Federal


Roberto Fragoso | 12/05/2022, 19h46
A comissão de juristas que analisa a regulamentação da inteligência artificial debateu nesta quinta-feira (12) formas de evitar com que a tecnologia reproduza padrões excludentes e de discriminação. Os especialistas defenderam o uso dos programas inteligentes no setor público, mas somente depois de um estudo do impacto social dessas novidades, para coibir a discriminação de grupos vulneráveis, como minorias raciais, crianças, idosos e pessoas com deficiência. Os debatedores lembraram que já houve erros e exclusão no Brasil, por exemplo, na distribuição do auxílio emergencial.
Opções: Download
MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Comissão de Juristas Crédito Idosos Inteligência Justiça Pessoas com Deficiência Política Racismo Tecnologia
IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Telegram | Linkedin
Quer receber notificações do portal Senado Notícias?

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.