Torcida do Fluminense levanta faixa com 'Conmebol racista' em jogo pela Sul-Americana – LANCE!

Torcedores de clubes brasileiros sofreram com casos de racismo nas últimas rodadas da Libertadores e da Sul-Americana
Torcida do Fluminense protesta em partida contra o Junior Barranquilla (Foto: Luiza Sá/LANCE!)
Após cinco casos de racismo em jogos da Copa Libertadores no espaço de 15 dias, a torcida do Fluminense aproveitou a partida contra o Junior Barranquilla (COL) no Maracanã para protestar. Nesta quarta-feira, os tricolores levantaram uma faixa com os dizeres “Conmebol racista” logo que as equipes entraram em campo para a quarta rodada da fase de grupos da Sul-Americana.
Na semana passada, a entidade emitiu uma nota oficial lamentando o ocorrido e comprometendo-se a endurecer as punições a fim de coibir novos episódios do tipo. Um levantamento do LANCE! baseado em relatórios do Observatório da Discriminação Racial no Futebol Brasileiro aponta que de 2014 até agora foram 48 denúncias ou flagrantes de racismo em partidas de competições organizadas pela Conmebol. Do total, apenas 11 renderam algum tipo de punição aos acusados ou ao clube.

Veja a tabela da Sul-Americana

A Conmebol vem sendo pressionada para adotar medidas mais duras contra o racismo. Na última semana ao menos quatro casos de injúria racial foram registradas em jogos de clubes brasileiros na Libertadores. Na terça-feira, um torcedor do Boca Juniors (ARG) chegou a ser detido no confronto com o Corinthians na Neo Química Arena, mas foi liberado após o pagamento de fiança. No mesmo dia, torcedores do Estudiantes (ARG) ofenderam torcedores do Red Bull Bragantino.

+ EDITORIAL: Conmebol, o tema racismo também é com você

Na quarta-feira, foi a vez de torcedores do Palmeiras serem ofendidos no duelo do Alviverde com o Emelec (EQU), fora de casa. Na última quinta-feira, torcedores da Universidad Católica (CHI) foram flagrados cometendo racismo na derrota para o Flamengo. Além da injúria racial, alguns flamenguistas foram agredidos. Torcedores do Fortaleza também sofreram com isto, no duelo com o River Plate (ARG), há duas semanas.

source

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.